domingo, 1 de janeiro de 2017

2017 chegou, e agora?!



Bom diaaa!

Feliz ano novoooo!

Então chegamos a 2017, e agora? O que mudou?

Bom, querid@s, é bom que NÓS tenhamos mudado, e que nós HOJE estejamos adotando atitudes diferentes, caso contrário, tudo continuará exatamente igual. Não é mesmo?

Mas quero deixar aqui os meus votos a todos os familiares de dependentes químicos que chegam neste espaço em busca de alguma informação ou de um “abraço virtual”...

Meus votos são:

Que não estejamos tão ansiosos por MAIS em 2017, mas sim, por menos. Que tenhamos menos culpa, menos mal-humor, menos preocupações... Ei, já parou pra pensar que a vida é provisória e que ela está passando bem depressa? Então, querid@ leitor(a), leve menos coisas na bagagem...

Que conheçamos ao menos um lugar novo, aquele que você gostaria de ir, e nunca foi... Se o dinheiro está curto, não precisa ser uma ida a Veneza, mas por que não uma ida àquele parque da sua cidade? Um piquenique?

Que permitamos que pessoas novas entrem na nossa vida... Mas entrem mesmo... Não estou falando dessa coisa superficial de curtidas, cutucadas, corações ou Xzinhos não... Estou falando de chá da tarde, de conversa olhando no olho, de enxergar a alma do outro, de querer bem... Mas, cuidado, selecione quem realmente vale a pena entrar e ficar em sua vida...

Sim, desejo que seja um ano repleto de boas notícias, mas sobretudo, repleto de abraços, beijos, cafunés e afetos sinceros...

Que estejamos pront@s para aceitar o perdão e saber perdoar, retirando das costas o peso amargo das mágoas e decepções.

Que saibamos dizer “eu errei, me desculpe” sempre que for necessário, e que não nos falte força para seguir adiante, melhores e abertos a novos aprendizados.

Que sejamos um pouco menos teimosos... Mas só um pouco!

Que nos dediquemos a algo novo, algo que nunca fizemos antes: um novo idioma, um novo instrumento, um novo trabalho, um novo cabelo... Arrisque! Ouse!

Que não nos falte um coração resistente para aguentar as grandes boas surpresas que virão... Mas que também não falte a esse coração o desejo de criar surpresas agradáveis ao próximo...

Sei que é ano novo, e que só queremos falar de coisas boas, mas são 365 dias, e é bem provável que em alguns desses dias tenhamos que lidar com a tristeza... Então desejo que, quando a dor nos alcançar, não nos falte força para enfrentá-la. E ao nos depararmos com essa dor, que não nos alcance a dureza nem a desesperança, mas ao contrário, que sejamos ainda mais capazes de transformar dor em amor a quem passar por perto...

É isso.

Mais um ano se foi, e um novinho em folha chegou...

Pode parecer que são 24 horas exatamente iguais a tantas outras, e realmente serão, se não tomarmos ATITUDES diferentes...

Não esperemos que as coisas irão mudar apenas porque o calendário mudou... A mudança vem de nós!

Queremos um ano melhor? Então sejamos melhores! Melhores em nossos planejamentos, melhores em nossa dedicação, melhores em correr atrás de nossos sonhos, daquilo que realmente vale a pena! Melhores em sentir...

Que em 2017, desejemos mais, queiramos mais, vivamos mais, arrisquemos mais, nos entreguemos mais, sintamos mais, aproveitemos mais... Tudo isso só depende de nós!

Por fim, e na verdade, mais importante, desejo que estejamos mais pertinho de Deus, pois Dele virá a saúde que precisamos, e toda a força necessária para fazermos de 2017 o melhor ano de nossas vidas!!




Querid@s, recebo muitas mensagens perguntando sobre o meu familiar adicto... Informo que ele está bem. Está limpo há uns três meses. Seguindo sua jornada...

Sabe, estou lendo o livro Amando um Dependente Químico novamente, e vejo que ele foi escrito no momento exato. Eu vivia uma fase de transição, e os registros feitos diariamente são ricos para quem busca uma “luz no fim do túnel”. No entanto, o tempo passou... Cinco anos se passaram desde que ele foi escrito, e posso afirmar que eu mudei...

Hoje não consigo mais vir aqui fazer registros sobre o outro e sobre as suas dificuldades e vitórias... Só consigo falar de mim...

Agradeço de coração por mais um ano juntos, querid@s leitor@s!!

E vamos que vamos que 2017 já começou!!