sexta-feira, 13 de março de 2015

Em paz... ♥



Bom diaaaa!!!

Tudo bem com vocês?

Obrigada por todas as mensagens preocupadas e de saudades que recebi nesse período! Vocês são umas fofas!!

Queridas(os), está tudo bem com a gente!

O que ocorre é que, em janeiro, mudou o Governo do Distrito Federal, e como conseqüência houve uma reação em cadeia: mudança dos Secretários, Subsecretários, Coordenadores, equipes, etc.

No meu caso específico, das 08 pessoas da minha equipe, permanecemos apenas 03. Então foi um momento de transição, de expectativa, de ansiedade, e de muito trabalho para que as famílias não fossem esquecidas nessa gestão.

Em um primeiro momento, foi difícil e doloroso, pois perdi pessoas da equipe, que além de amigas, eram tão apaixonadas por essa causa quanto eu...

Mas, bola pra frente! Não podemos deixar a peteca cair, não é mesmo?!

Deus é tão bom, que colocou nos altos cargos pessoas sensíveis a essa causa, mais uma vez. E hoje, não existe apenas um projeto para cuidar das famílias, mas também foi incorporada à estrutura da Subsecretaria de Prevenção ao Uso de Drogas uma Coordenação de Apoio às Famílias para levar esse (e outros) projetos adiante.

Fiquei tão tão feliz!!! Ou seja, mesmo que eu não fique lá, sempre terá alguém cuidando das famílias...

Por enquanto, continuo lá! Atendimentos às famílias diariamente, e muitas idéias para serem implantadas no decorrer do ano... Inclusive nosso primeiro curso já está agendado para abril!!

Mas, chega de falar de trabalho, né?

Em casa, vivemos alguns dias meio difíceis, mas nada relacionado a drogas.

Meu filho de 06 anos foi diagnosticado com ambliopia no olhinho direito, o mesmo problema que tenho, e que me fez praticamente perder a visão direita. Ele já está com 10,5 graus de miopia nesse olhinho. Fiquei apavorada. Chorei. E depois percebi que tinha que ser forte para ajudá-lo no tratamento.

Nessa primeira fase, ele tem usado óculos e tampão (no olho bom), na tentativa de estimular o olho preguiçoso. Daqui a dois meses voltaremos ao médico para ver se houve resultado.

Aliás, como sei que têm muitas mães que visitam o Blog, fica a dica: todas as crianças precisam ir a um oftalmologista até, no máximo, 04 anos de idade, mesmo que não pareça ter problemas na visão, pois a ambliopia, quando ocorre em apenas um olho, é difícil de ser percebida pelos pais, e quanto menor a criança, mais chances de cura.

Agora outra dica! Sempre, desde o início do Blog, eu bato na mesma tecla: “queridas, vamos cuidar de nós!!” Não é?... Pois é!

Nesta semana comemoramos o dia internacional da mulher (parabéns a todas!!!), daí quero aproveitar para fazer um alerta, meninas!

Nos últimos anos, minha vida tem sido uma correria só! Muitas(os) de vocês têm acompanhado...

Três filhos, marido, casa, trabalho, blog, palestras, e por aí vai... E como uma boa codependente, me dedicava tanto a tudo que acabei me deixando um pouco (muito!!!) de lado... 

Mas, não sou a Mulher Maravilha, né?!

Quilinhos a mais, insônia, dores na coluna, dores no estômago, agitação, maus hábitos alimentares...

E, apesar de correr o dia todo (atrás do que mesmo?!!), eu não me exercitava, e até pensava que academia era coisa de quem não tinha o que fazer...

Bom, cumprindo uma das minhas promessas de ano novo, em janeiro iniciei um check up médico, e lá estavam: uma esteatose hepática, uma gastrite, uma esofagite, pedrinhas na vesícula, alguns desgastes na coluna e uma inflamação no ombro esquerdo... Tudo isso causado por estresse, sedentarismo e má alimentação.

Precisei dar início à mudança de alguns hábitos...

No meio da rotina apertada, dei um jeito de separar uma hora do dia PARA MIM... E lá está a D. Poly diariamente, na academia, em aulas de zumba e musculação... Quem diria!! Risos.

E passei a observar melhor o tipo de alimento que consumo... A gastar mais tempo na elaboração da minha comida, fazendo com carinho, pra mim e por mim... 

Quanto ao estresse e a ansiedade, acho que é um processo mais prolongado de mudança... Sou ligada no 220 volts, mas estou me esforçando para desacelerar.

Mas o que quero dizer, queridas, é: CUIDEM DE VOCÊS!!!

Graças a Deus, tenho como reverter tudo isso, mudando os meus hábitos. E graças a Deus, ainda tenho tempo para melhorar minha qualidade de vida...

Passamos tanto tempo cuidando do nosso familiar que, mais cedo ou mais tarde, acabamos colhendo as conseqüências desse descaso que temos com a nossa própria pessoa e saúde.

Então, vamos nos cuidar, hein?!!

Ok, eu sei que tem um monte de leitoras pensando: “Tá bom Poly, legal, mas fala logo sobre o seu familiar adicto”... Né?!! Risos.

Ele está sendo realmente fundamental em todas essas “provas” que passei desde o início do ano. Esteve presente, me ajudou, não saiu do meu lado, foi companheiro, me deu o ombro, me deu a mão...

É, ele não tem deixado a desejar no desempenho de suas responsabilidades de pai e esposo.

No dia 04/02, finalmente saiu a transcrição do nosso casamento americano, mais uma vez dissemos "sim" um ao outro, e agora somos casados perante o mundo todo!!!




Dificuldades? Sim, temos muitas. Mas, acho que temos conseguido superá-las bem.

E essa parceria, cumplicidade e paz tem me feito muito bem!!

Ele está limpo há 116 dias, ou seja, há quase quatro meses.

Resultado da ibogaína? Difícil responder... Talvez em parte.

O efeito dela nos primeiros trinta dias é fantástico, mas depois, acho que depende sim de muito esforço pessoal.

Mas, enfim, sendo pela ibogaína ou não, agradeço a Deus por esse tempo de harmonia na minha casa!

E pra completar, semana que vem viajaremos para a casa dos meus sogros, em Santa Catarina, para curtir a família, aquelas praias paradisíacas e comemorarmos juntos da família o 3º aninho do nosso caçula.

A vida é assim, né?

Momentos de dor... Momentos de felicidade...

O importante é saber que em todos eles, Deus está conosco, cuidando de nós... E Ele sabe de tudo, e a hora de tudo acontecer!!

Nunca perca a sua fé!

E, pra finalizar, quero mais uma vez deixar uma frase que muito me ajuda: 

“Não é fácil encontrar a felicidade em nós mesmos, mas é impossível encontrá-la em outro lugar.” (Agnes Repplier)

Beijos, queridas(os)!! Vamos viver, e a gente se vê por aí...

Fiquem com Deus!!
Poly

9 comentários:

  1. Amada, que bom saber boas noticias
    Criei um grupo no watts para codependentes, quer participar?Se sim (vou adorar) me manda nº celularcom ddd para neusbbrotto@gmail.com
    As demais que lerem este post e quiserem participar do grupo podem me enviar o gone, o grupo está bom, ajudando muita gente , mais uma ferramenta para partilha, para troca de experiencias.
    Conheçam minhas redes sobre dependência e codependencia:
    Facebook: adependenciaquimica
    Site: adependenciaquimica.blogspot.com.br

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi, que bom que está tudo bem com você. Vem a SC e infelizmente estarei em curso fora do país. Lembra que lhe disse que caso estive perto de ti eu daria a seu marido e a você tb um tratamento com hipnose (que cura a semente da drogadicção, a ansiedade). Praia? Perto de Floripa? Então aproveite para levar ele no João, que é um doce de pessoa e um hipnoterapeuta de excelentes resultados. Os contatos dele estão aqui http://www.hipnose.in. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Polly! Que bom que seu esposo está bem! Rezo para que o seu filho fique bem!

    ResponderExcluir
  4. Um suspiro de alívio... uma "olhadinha" pro céu para agradecer e a esperança se renova!

    ResponderExcluir
  5. Um suspiro de alívio... uma "olhadinha" pro céu para agradecer e a esperança se renova!

    ResponderExcluir
  6. melhoras pro pequeno...pra ti...e sucesso pro marido....que a paz continue namastê :)

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Poly, saúde e paz para toda sua familia

    ResponderExcluir
  8. Perseverante, amorosa, passa o verdadeiro sentido da vida, Amar ao próximo como Deus nos amou! Parabéns! Guerreira.

    ResponderExcluir