quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

O Quarto Dia!

DIÁRIO DE UM TRATAMENTO COM IBOGAÍNA
QUARTO DIA



18/12/14, às10h30min.


Ele dormiu bem à noite.

Pela manhã, vomitou na hora do banho.

Ainda muito trêmulo e tonto, precisei auxiliá-lo no banho, pois nem mesmo conseguia se manter de pé.

Comeu pouco no café da manhã, que precisei servir-lhe na cama.

Em seguida, ele chorou muito. Disse estar sentindo uma grande tristeza por dentro.

“Ai, amor, preciso de recuperação...”

Chorou como uma criança... de soluçar.

Fomos à pracinha que fica aqui em frente, mas após cinco minutos, ele pediu para voltar para a cama.

Às 13h30min haverá terapia e uma nova dose.

Nesta semana, têm nove rapazes fazendo tratamento nessa Clínica, com ibogaína. Desses nove, quatro estão aqui na pousada.

Aqui tem de tudo: estudante de odonto, ator de novela, empresário, profissional de saúde, e alguns desempregados em razão da droga.

Todos eles têm família.

Um deixou a esposa em casa, grávida de oito meses.

O outro sempre fala da dor que causou à família, ele tem duas filhas adolescentes.

O outro foi deixado pela esposa, na semana passada, e está arrasado. Veio sozinho em busca de tratamento, pois ninguém da sua família sabe que ele é dependente químico.

Os sintomas da iboga são horríveis. Percebo que eles ficam muito apreensivos quando vai chegando a hora da sessão.

Mas, estão lutando. Tentando algo que lhes devolva a vida.

Dentre os familiares percebe-se o cansaço, a curiosidade, e muita, muita esperança.

Tem um rapaz aqui que já passou por 32 internações e até mesmo por aquele tratamento que dá choque no cérebro...

É uma luta, né?!

Vamos acreditar!!

Hoje perdi o sono de madrugada...

Estou com muita saudade dos meus filhos!!

Que Deus abençoe a todos nós!

Amanhã voltaremos para casa...


16 horas


Ele chorou a manhã inteira.

Se lembrou de coisas de quando tinha dois anos de idade!!

E também se lembrou das dores que causou a si mesmo e aos demais, em razão da droga.

Nunca o vi chorar tanto.

Ele repetia: “eu me amo e me aceito como sou”, na tentativa de se acalmar.

Após a terapia com a Psicóloga e a nova dose, ainda chorou muito.

Eu já imaginava que isso aconteceria. Nesse momento, ele precisa se perdoar.

Agora ele está em um estado que não sei se está dormindo ou acordado. Parece estar sonhando. De repente, dá gargalhadas. Logo em seguida, chora de novo.

“Amor, nosso filho está chorando... Cadê ele?” Ele perguntou, parecendo estar ouvindo o nosso caçula.

Daí a pouco, gargalhada de novo.

Fico tentando entender o que está se passando dentro dele...




19h30min


Fiquei um pouco assustada com os risos dele, daí fui à clínica, e me informaram que o cérebro dele está produzindo dopamina, e que esse processo é normal.

Ele chamou pela sua mãe.

Me perguntou novamente pelo nosso caçula, e disse que está com “peninha” dele porque tem sido um mau pai... Mais choro.

Muito confuso, me perguntou que horas eram, ao que respondi que eram sete. Ele se sentou agitado na cama, e perguntou a que horas sairia o nosso ônibus. Então pedi que ele ficasse tranquilo, pois ainda eram sete da noite, e nós só viajaríamos amanhã pela manhã, e não seria de ônibus, mas sim de avião.

Ele voltou a se deitar.

Ficou falando para o nosso gato parar de morder seu pé. (Só ressaltando que nosso gato e filhos ficaram em Brasília).

Daí a pouco, ele se levantou e ficou olhando, com um sorriso, para a cama onde eu estava deitada.

“Que foi amor?” Perguntei.

“Ele é tão lindinho...” Ele respondeu.

“Quem, amor?” Perguntei assustada.

“Nosso filhinho... Olha como dorme bonitinho...” Falou apontando para a cama.

Voltou a se deitar.

Estou dando bastante água e água de coco para ele.

Estou com medo de viajar com ele amanhã, nesse estado.

Ai, Senhor, vai dar certo! Já deu!



Cantora Clarice Seabra, 55, que superou o vício do crack com terapia com ibogaína


A reportagem da Folha de São Paulo, de 25/10/2014, relata a história da cantora Clarice Seabra, que afirma ter virado "outra pessoa" após o tratamento com ibogaína.

CLIQUE AQUI, e veja a matéria na íntegra.

Quem tiver maiores dúvidas, pode me perguntar pelo e-mail ibogaina.adq@gmail.com .

Bom dia, queridas(os)!

Fiquem com Deus!!

Um comentário:

  1. Boa sorte amada!!
    Desejo que toda sua luta tenha um resultado positivo!
    Deus abençoe vcs.
    tmj

    ResponderExcluir