sexta-feira, 30 de maio de 2014

Aprendi com você!



Caramba, o que dizer nesse dia?

Talvez seja bom começar desejando que esse seja o melhor ano da sua vida, pois realmente acredito que será, se você tiver fé para isso.

Começar agradecendo a Deus pela sua vida, que hoje completa 39 anos de existência, dos quais 8 foram partilhados comigo.

E agradecendo a você, por tudo o que vivemos juntos, e por tudo o que me ensinou.

Sim, aprendi muito com você. Sabia?

Com você, aprendi que não importa o tamanho da queda, o que vale mesmo é a força para se levantar, se reerguer, recomeçar e seguir adiante.

Com você, aprendi o que quer dizer a frase “não desisto nunca”.

Com você, aprendi o significado da palavra companheirismo e cumplicidade.

Com você, aprendi a dirigir. Lembra? Eu já possuía carteira há 4 anos, mas tinha medo. E você confiou em mim, antes de mim mesma. Me entregou a chave do seu carro, e disse: “você consegue”.

Com você, aprendi a conhecer os pés de cada fruta, que antes eu não sabia distinguir.

Com você, aprendi a gostar de orquídeas, e das flores em geral, que eu conhecia tão pouco.

Com você, aprendi tanto sobre as estrelas e os planetas, e as tais “pedras” do espaço.

Com você, aprendi a rir até perder o fôlego diante de uma comédia boba.

Com você, aprendi a ser mais humana e mais solidária.

Com você, aprendi a torcer pelo Vascão.

Com você, aprendi a tomar chimarrão na cuia, sem me queimar.

Com você, aprendi o valor de um ombro para encostar.

Com você, aprendi a viver cada dia como se fosse o último, a curtir cada hora, cada minuto.

Com você, aprendi a ser mais forte.

Com você, aprendi que sou linda, independente do meu peso ou da maquiagem.

Com você, aprendi a estender as roupas no varal, hoje sei separar tudo bonitinho por peças e cores.

Com você, aprendi a gostar de bachata e vanerão.

Com você, aprendi a mergulhar e a pegar “jaca” no mar.

Com você, aprendi a pescar.

Com você, aprendi a identificar o que, de fato, é essencial.

Com você, aprendi o amor.

Então, meu bem, se hoje bater aquela tristeza que, por vezes, você sente em seus aniversários, e se por acaso bater aquele sentimento de incapacidade ou de inutilidade, lembre-se do quanto aprendi com você. E continuo aprendendo, todos os dias.

E sei que outras pessoas também têm aprendido com você.

Pense nisso.

Agradeço a Deus pela sua vida tão especial, e desejo que Ele conceda a realização dos seus sonhos, que sabemos bem quais são.

Parabéns pelos 39 anos! Ainda está muito jovem!

E parabéns pelas 192 horas (8 dias) que você está limpo! Um dia de cada vez, você consegue. Sei que não está sendo fácil, mas essa fase vai passar, sempre passa. E você pode ser mais forte que isso.

E lembre-se que, se precisar, é só esticar a mão, que encontrará a mão dessa aprendiz aqui, estendida, para juntos seguirmos adiante.

Feliz aniversário, amor!


7 comentários:

  1. Oieee Poly estava sentindo sua falta...rsrs sempre muito bom ler seu posts.....ate no aniversario do seu marido a gente aprende e começa a pensar quanta coisa boa a gente já aprendeu e aprende com o nosso adicto ! desejo que Deus conceda muitos e muitos anos de vida ao seu esposo e que vcs juntos alcance a vitória sempre ! D@m@rys

    ResponderExcluir
  2. claro óbvio que não poderia ser diferente...tão certo como 2+2 são 4...rs..parabéns..pro casal 20 :)

    ResponderExcluir
  3. que liindo! Parabéns ao maridão, parabéns pelo esforço dele e pelo seu esforço nesses 8 dias!
    #sph
    bjs
    Cris

    ResponderExcluir
  4. Sou uma recém casada com um adicto. sendo que um mes apos nosso casamento ele recaiu um dia e foi internado em uma clínica. está sendo tudo muito difícil pra mim. nunca na minha vida tinha vivido algo nesse aspecto. lindas suas palavras. e gostaria de conversar mais com vc. pois vejo que es uma pessoa forte emocionalmente e que pode me ajudar. meu marido segue internado desde fev/14 até agosto.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo... To aprendendo muito com seu blog. Obrigada Poly. Felicidades pro marido!!!��

    ResponderExcluir
  6. vc já estve numa situação em que ele estava em crise de recaida , querendo se internar mas não tinha como pagar(perg.)
    pode comparrtlhar como foi, como agiu, etc
    obrg
    meuf ilho está lá no quarto em crise, já não em mais plano de saude e o hospital pedee 4.000,00 a vista para intenar. estava há quase um ano limpo, depis de 14nternações , perda de tudo e agora em novo emprego há 4 mses. faz 3 semanas que recaiu e passou a usar todos os dias. tem 33 anos e 17 ou 18 de dependencia.
    já cntei minha historia há um tempo atras, ultimamente tenho ldo novamente teu blog, desde q percebi q ele estava recaindo. HAVIA parado do o eu mariod recaiu e vc se mudou. fiquei tão tristee parece que era demais acompahar a qeda dele. neste tempo meu filho estava bem.
    obrigada se me responder algumas alavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, bom dia!
      Você está em que cidade?
      Olha só, se ele trabalha, ou já trabalhou, ele tem direito ao auxílio doença, pelo INSS, o que pode ajudar nas contas da internação.
      Se não for o caso, procure se informar sobre comunidades que são gratuitas, por vezes elas têm ligação religiosa, e é uma boa alternativa para quem realmente quer.
      Aqui no DF, a SEJUS disponibiliza 250 vagas gratuitas em comunidades terapêuticas. Não sei como funciona em outros estados.
      Outra sugestão, existem grupos de Narcóticos Anônimos abertos todos os dias, ele pode ir às reuniões, para se fortalecer. Conheço pessoas que conseguiram entrar em recuperação lá, sem precisar se internar.
      Espero ter ajudado.
      Se ele realmente quer, vai dar certo!
      Grande beijo!
      Que Deus abençoe vocês!

      Excluir