segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Feliz Natal todos os dias!



Bom dia, queridas(os) leitoras(es)!

Tudo bem?

Por aqui tudo em paz, graças a Deus!

Após um lapso, maridão está há 54 dias limpo, só por hoje!

Os últimos dois Natais foram meio tristes. Em 2011, eu estava grávida, e ele internado. Passei sozinha com as crianças, e apesar de entender a necessidade e importância do seu tratamento, e de viver os momentos que me eram dados, a saudade doeu.

Em 2012, ele saiu de uma internação, prematuramente, dois dias antes do Natal, e eu estava um pouco angustiada com isso.

Mas, agora em 2013, está tudo tão leve, e estou tão feliz!

Hoje acordei bem cedinho para fazer os embrulhos dos presentes das crianças. Meu filho do meio fará cinco anos amanhã, então a comemoração por aqui é em dobro.

Hoje o maridão está de plantão, e foi trabalhar de carro. Às vezes bate aquela pontada de insegurança, mas já sei como aliviar isso, entregando nas mãos certas (de Deus)!

Ontem ele encontrou um rapaz que esteve com ele em sua primeira internação. E infelizmente o rapaz está muito mal, na ativa mesmo. Ele o orientou a ir ao CAPs, e orientou sua esposa a também buscar ajuda. Nessa época do ano, muitos adictos recaem. Geralmente eles são pessoas extremamente sensíveis, e com toda essa emoção do final do ano no ar, e as lembranças de coisas boas e ruins em suas mentes, muitos acabam recaindo.

Peço a Deus que traga o meu esposo hoje para casa, bem! Hoje à noite faremos a festinha do meu filho, só para nós mesmos, algo bem simples, e confio que o papai estará aqui, inteiro e feliz!


Meu filhote com 11 meses, e agora já vai fazer 5 anos!!!

Às leitoras que estão passando por momentos difíceis, digo o que algumas amigas me disseram no penúltimo natal: muitos outros anos virão, esse é apenas um dia 24 e 25 de dezembro, não se deixe abater por isso.

Queridas(os), aproveitem essa data para se lembrar do aniversariante Jesus. Aquele que é capaz de operar milagres em nossas vidas...

Muita luz e paz!

Gente, estou programando um sorteio para o blog, mas acho que será só em 2014, pois o presente será uma novidade! Aguardem...

Falando um pouquinho do “Ame, mas não sofra”, projeto do qual idealizei o “embrião” e que foi implantado aqui no DF, pela SEJUS, e que tem sido razão de muita felicidade pra mim: 

Tenho feito alguns atendimentos presenciais a famílias, que tem me trazido muitas lições de vida. E ver o projeto crescer, a cada dia, mostra para mim mesma que podemos sim sair da codependência e gerar bons frutos, para nós, e para quem nos cerca.

Muitas vezes, após os atendimentos vou às lágrimas. São pais, mães, filhos, irmãos... Mas, acredito sim na capacidade de mudança que vive dentro de cada familiar, e dentro de cada adicto!

Em 2014, certamente terei muitas notícias boas para dar a vocês sobre o projeto! Já começaram, mas ainda não posso falar... (#ansiosa!)

Neste sábado, acompanhamos um pai que fez uma corrida de 7 km para comemorar os mais de três anos que sua filha está limpa do crack, e para mostrar a necessidade de apoio no tratamento da dependência química, e na prevenção contra as drogas. O “Ame, mas não sofra!" estava lá para abraça-lo.


Abraçando as famílias!

Esse pai chorou ao relembrar o momento em que resgatou sua filha, na cracolândia. Foi emocionante!

Bom, queridas(os), preciso ir, pois as crianças estão a um milhão por aqui! Estou de recesso do trabalho, mas não das tarefas de mãe... Risos!

Neste Natal só tenho a agradecer! Papai Noel não precisa me trazer mais nada! O grupo de apoio, o blog, a página no face, os e-mails, o projeto, as companheiras que se tornaram amigas, são presentes que Deus me deu e que me fazem crescer como ser humano, a cada dia... Obrigada, meu Deus!

E não bastasse tudo isso, ainda vou passar esse Natal, pesando 14,5 kg a menos! Uhuuu! Consegui isso por mim mesma, e é uma grande vitória! 

Agora só não posso exagerar no Chester e no panetone, né? Risos.


Quero neste Natal
Desejar não somente que tenha muitas felicidades neste dia
Mas sim que milagres te dominem,
E te façam perceber que Natal
Não está somente na virada do dia 24 de Dezembro para o dia 25,
Mas está em todos os dias do ano.
Nesta virada está apenas a concentração de todos os desejos
Feitos durante o ano que se passou.
A noite de Natal é fantástica
A cidade fica toda iluminada,
As pessoas sorridentes,
E em um instante parece que tudo fica em paz...
O Milagre do Natal
Está no nascimento de nosso salvador Jesus Cristo,
E Ele com toda certeza não deseja um único instante de paz,
Mas sim que todos tenham um milagre dentro de si, a cada dia...

(extraído do site paixão e amor)






6 comentários:

  1. Oi
    Fico feliz em saber que não sou a unica a amar um dep. químico.
    E que a esperança para uma recuperação.

    ResponderExcluir
  2. meu filho esta na ativa,estou muito triste mais com fé em Deus em nosso senhorJesus cristo.obrigado você tem me ajudado muito!

    ResponderExcluir
  3. Oi Poly...
    lendo seus posts fico cheia de esperança...meu namorido está internado...desde o dia 20 apenas (16 dias limpo, só por hoje!!!)...então não pude ir visita-lo ,nem ligar, nada...que dor, meu Deus, que dor...mas ganhei um presente ontem, deixaram ele telefonar pra mãe dele e pra mim...e ele chorava...e chorava...e eu e a mãe dele, fazendo um esforço maior do q tudo pra não chorar também...e ele só dizia "nêga eu te amo", "nêga não me abandona"...e meu coração, apertado, eu sem palavras de consolo, quando estou tão inconsolável...não pelo fato de ele estar internado, afinal ele foi por seus próprios passos...mas por tudo o que tem acontecido, poxa vida, podia ser tudo tão diferente...mas consegui dizer a ele que reze bastante, leia bastante e que aproveite cada segundo do que viver na clínica, pq aqui fora o mundo vai continuar sendo o mesmo...disse q o amo, q sinto a falta dele mas q estou confiante q ele vai sair dessa..ahhh ele me disse que aconteceu algo horrível na clínica,mas ele não podia me contar por telefone pois tinha gente perto.disse q a clínica é um manicômio, que é tudo muito horrível, bagunçado e sujo. eu sei que é, pois fui levá-lo...mas não temos condições de pagar uma clínica particular, essa que ele está é uma clínica que tem convênio com a prefeitura (que paga 1800,00 por mês, e ainda assim é horrível...)...onde tem os quartos é chamado "pavilhão", e eu acho isso terrível, pavilhão pra mim é de cadeia...e os meninos, três em cada quarto, são trancados nos quartos à noite...mil vezes me perguntei e me pergunto se alguém sai recuperado de um lugar desses...cheguei a temer até pela vida dele...mas no telefonema ele não mencionou que quisesse sair, disse q estava muito mal mas q estava aprendendo muita coisa...em apenas seis dias na clínica já percebi a diferença no jeito dele de falar...ele sempre tão doce, conversando comigo num dialeto "e aí mano td certo?"... estranhei....sou detalhista para essas coisas...bom, deixa pra lá isso por enquanto...
    e na minha vida, td segue quase o mesmo, com exceção dos meus animais de estimação que parecem perceber minha tristeza, não desgrudam de mim qd estou em casa.e td está difícil, lento e doloroso.as horas se arrastam...a casa está suja e não tenho coragem de limpar...venho trabalhar por osmose,mas a vontade é de dormir, e dormir e dormir...foi assim que passei o 24 para 25...
    mas eu sou uma mulher forte Poly. Permito-me viver meu "luto" por uns dias, mas estou buscando forças pra voltar a ser quem eu sou..um pouco da tristeza se deve ao fato de meu filho estar longe, de férias na casa da vó em Barretos...
    rezo por vc Poly,pra q vc continue ,com suas palavras e suas experiências, a ajudar outras pessoas que sofrem...imagino a carga de sentimento negativo e tristeza que deve chegar até vc...e rezo para que isso sirva de energia para vc tb não desistir.

    ResponderExcluir
  4. Ouvi uma entrevista do Prof. Clóvis que ele diz algo muito inteligente, não adianta vivermos de esperança se não vivermos com alegria, a esperança nada mais é que o oposto do medo, viver com esperança é viver esperando, agora não viver com ALEGRIA.. é viver e fazer acontecer o que tanto esperamos...bjus e feliz natal e ano novo

    ResponderExcluir
  5. Polly em um outro post vc citou grupos virtuais para familiares de DQ...poderia me passar o link por favor? Acabei de ler o seu llivro e te admiro mto pela sua luta. Estou aki sozinha mais uma vez, após um ano mto difícil de várias recaidas, meu marido esta na quinta internação...e passou mais um natal e passará mais um reveillon dentro de uma clinica. Muito dificil...mas Deus esta comigo e td vai dar certo só por hoje. Abraços e um otimo ano para todos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, me adicione no facebook, e solicite a inclusão nos grupos via inbox... Será super bem-vinda! Bjão! Feliz ano novo!

      Excluir