sábado, 4 de maio de 2013

Minha mana!




"Recuperar-se da codependência, esse transtorno tão avassalador e doloroso quanto a dependência química, é voltar a ter vida própria. É não se permitir ser machucada emocionalmente (nem fisicamente, claro!). É resgatar o amor próprio, é admirar-se, valorizar suas próprias conquistas. É não admitir viver à sombra do outro e de sua doença. É perceber que o nosso amado não é tudo na nossa vida. É colocar a si próprio em primeiro plano. Diga para si: “eu sou a pessoa mais importante da minha vida”. Isso não é egoísmo não, gente, é recuperação! E isso é necessário para que sejamos felizes e também para que efetivamente ajudemos aos nossos dependentes químicos." (Livro Amando um Dependente Químico - Dias de Recuperação)

Faltam 14 dias para o 2º aniversário do nosso Blog! Participe do nosso sorteio (CLIQUE AQUI), e concorra aos livros Amando um Dependente Químico - Dias de Dor e Amando um Dependente Químico - Dias de Recuperação, de Polyanna P.!

Lembrando que o lançamento deste segundo livro será no dia 18/05/2013!

Por aqui tudo em paz, amores! Felizes, só por hoje!
Pra terminar, gostaria de pedir licença a vocês, e deixar um grande abraço para a minha melhor amiga: minha irmã. Amanhã será o seu aniversário. Ela é três anos mais velha que eu. Assim como eu, tem seus traumas, mas graças a Deus, leva uma vida bem mais perto da 'normalidade'. A "ovelha negra" da família sou eu mesmo. Risos.

Parabéns, minha irmã! Que Jesus te abençoe hoje e nos muitos dias que ainda virão! Agradeço muito a Deus por você ser minha irmã... Hoje não somos mais apenas nós duas, a família cresceu: maridos e filhos, mas mesmo com a correria dessa vida cheia de responsabilidades, sempre haverá um tempo para as nossas conversas (looongas)... 
Lembra-se das tardes na “padaria da esquina”? Do quanto me ensinou? Dos desenhos e cartinhas a mim dedicados a cada mês de maio? Das crises de risos? Da nossa cumplicidade de meninas? Pois é, hoje nos falamos mais por telefone, o tempo é escasso, os filhos nos ocupam, a distância atrapalha, os assuntos mudaram, mas saiba que o meu amor por você não muda. Te amo muito, mana! Felicidades, minha querida irmã! És tão especial que nem precisei de outra, és única!!! HAPPY BIRTHDAY!!!






Nenhum comentário:

Postar um comentário