terça-feira, 30 de abril de 2013

Dias de ansiedade!



Bom dia, queridos(as)!

Como estão vocês?

Por aqui, tudo bem, graças a Deus!

Minha ausência significa apenas muito trabalho. Sabem o que representa lançar um livro? Pois é, muita dedicação, trabalho e expectativa. E isso tudo demanda tempo. Sou perfeccionista, então leio, releio, me coloco no lugar dos possíveis leitores, e leio novamente... Espero que vocês levem o que pretendo passar, uma mensagem de fé, esperança, e sobretudo, de um amor saudável (pelo outro e por si mesmo) e de recuperação. Estou muito ansiosa!

Na página em que falo sobre parte da minha história de vida, mostro alguns sintomas da codependência: “Geralmente começa com uma linda história de amor. E a vontade de que isso seja perfeito e duradouro nos motiva a gradualmente nos anularmos para “servir” ao ser amado, até que um dia nos vemos sem identidade, sem vida, sem rumo, e passamos então a exigir que ele nos retribua com o mesmo tipo e quantidade de amor. Passamos a pensar que não podemos sobreviver sem o ser amado. Somos dependentes dele. Com sintomas de compulsão e de fissura. Só que no nosso caso, a droga é uma pessoa, e a loucura é algo parecido com amor, mas, que olhando bem de pertinho, é uma doença... ou seria uma maldição?!” (Livro Amando um Dependente Químico – Dias de Recuperação).

No primeiro livro, Amando um Dependente Químico – Dias de Dor, publicado em 13 de agosto de 2012, narrei o dia a dia ao lado de um familiar no ativo uso de drogas. O sofrimento, a angustia, e o aprendizado do desligamento. E agora, com o livro Amando um Dependente Químico – Dias de Recuperação, apresento novos desafios a vencer, quando o nosso familiar está se tratando, e pretendo mostrar que existe recuperação e esperança, tanto para o dependente, quanto para nós, seus familiares, vivendo um dia de cada vez.

Nos dois livros tento repassar o meu aprendizado adquirido em terapias, grupos, livros, cursos e na vivência com adictos, e principalmente trazer o foco do leitor para a sua própria vida, retirando-o do dependente químico amado.

Essa informação pode mudar a vida de muita gente. E tenho sim essa pretensão: a de mostrar que é possível sim viver e ser feliz, apesar da dor da adicção de quem amamos.

Fico aqui na ansiedade pela publicação, e principalmente pela opinião dos leitores.

No primeiro livro, os feedbacks foram espetaculares. Familiares mudando sua forma de ver a vida, adictos se emocionando ao enxergarem o nosso lado da história, preconceitos se quebrando, casamentos de pessoas sem adicção se fortalecendo, enfim, ultrapassou em muito as minhas expectativas.

Muitos leitores me disseram sentir certo suspense no ar, lhes deixando ansiosos pela próxima página. Isso não foi proposital, talvez por ser um livro real, escrito no dia a dia, quando os fatos aconteciam, traz uma carga de emoção muito grande, e a incerteza do dia seguinte. Exatamente o que nós, familiares, vivemos.

Nos livros Amando um Dependente Químico você encontra informações embasadas sobre dependência química e codependência, além de ter um bom romance, suspense, emoções e superação. Vale a pena conferir!

Não deixe de participar do sorteio de 2º aniversário do Blog. Clique aqui, e concorra aos dois livros!

***

Meu esposo segue limpo há 35 dias, e vai superando os obstáculos que se apresentam no caminho da sua recuperação.

E eu tenho aprendido, a cada dia, a viver a minha própria vida e a amar na medida certa.

***

Mudando de assunto, está acontecendo um abaixo-assinado para tentar barrar no Senado o PL que pretende alterar o artigo sobre uso de drogas, no Código Penal. Se esse PL for aprovado, o usuário poderá portar drogas para consumo em 05 (cinco) dias. Absurdo isso! Assim, os traficantes poderão fracionar a droga, e ao serem abordados, serão enquadrados como usuários, sem penalidades. Sabemos o quanto as drogas só trazem dor e destruição. Diga às drogas: NÃO! É muito rápido, basta clicar aqui, e assinar ao abaixo-assinado.

Eu já assinei, e estou repassando, ou seja, estou fazendo a minha parte. Faça a sua também!

Beijos!
Poly

6 comentários:

  1. Oi , visitem meu blog
    sou adicta
    limpasoporhoje.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei do primeiro livro e certamente vou gostar do segundo.
    ...Estamos em "dias de recuperação" por aqui também,ele a 8 meses e eu a muito mais tempo(da minha codependência)e,me emociono lendo o trecho do próximo livro...pensando que um dia já estive assim,tão "dependente"do amor do meu amor...
    Ansiosa também!!
    Bjs,querida!!

    ResponderExcluir
  3. Como que faço para comprar seu livro???

    ResponderExcluir
  4. O livro está disponível no site do Clube de Autores. Link: https://www.clubedeautores.com.br/book/132743--AMANDO_UM_DEPENDENTE_QUIMICO . Abraços!

    ResponderExcluir