quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Escolha o AMOR!


Quase todos os dias pergunto a mim mesma: por que continuar com o meu esposo? Daí busco a resposta dentro de mim, com a máxima honestidade possível.
 
Acho necessário sempre me perguntar isso, para evitar que a codependência passe a reinar novamente.
 
Sempre fui uma pessoa dependente emocionalmente dos outros. Sempre muito sensível. E tudo isso favorece para que a relação com meu esposo adicto seja doentia.
 
Hoje me respondi que continuo com ele porque a presença dele me faz bem, porque gosto da forma como ele cuida dos filhos, porque é muito importante o amor e respeito que ele tem com minha filha adolescente, porque temos química, porque o admiro, porque confio nele, porque somos amigos e porque ele me ama do jeitinho que sou.

Analisando minha resposta, vejo que é amor ainda.
 
Que tipo de resposta eu consideraria como doença? Estar com alguém por dependência. Estar com alguém na esperança de que ele se torne diferente. Estar com alguém para preencher um vazio interior. Estar com alguém, para viver a vida desse alguém, e fugir dos seus próprios problemas pessoais. Estar com alguém porque não saberia viver sem ele.
 
Muitas companheiras me pedem ajuda, e sinceramente não sei como ajudar. Os maridos não querem recuperação. Elas também não querem recuperação. E por outro lado, não querem se afastar dos maridos. 
 
Gente, é um processo muito doloroso, eu sei, eu sinto na pele, mas se não mudarmos nossa forma de pensar, nunca mudaremos de comportamento, e se não mudarmos de comportamento, nossa vida sempre será igual.
 
Sabemos que não podemos mudar ao outro, então mudemos a nós!

Você é infeliz ao lado do seu esposo? Então, pergunte-se com sinceridade: por que continuo com ele?
 
Se a resposta é: Porque acredito que ele mudará. Queridas, me perdoem, mas isso não é amor. E isso não é real. Ele só mudará se ele quiser, e quando quiser. Você vai colocar sua felicidade nas mãos dele?
 
Eu amo o meu esposo do jeito que ele é. E olha que ele é um homem difícil. Não estou falando de adicção, estou falando da personalidade mesmo, gênio forte, ele se parece com meu sogro. Meio machista, possessivo, perfeccionista. Mas, eu o amo assim mesmo! Aliás, eu gosto desse jeito dele. Eu também tenho personalidade forte, e não daria certo com homens manipuláveis. E, para mim, suas qualidades superam em muito aos seus defeitos.
 
Amo ao meu esposo demais. E hoje o aceito verdadeiramente. Mesmo quando ele me desaponta, mesmo quando ele não aceita os meus ideais e escolhas, mesmo quando ele me fere sem querer. Não tenho o direito de mudar um ser humano. Não quero mudá-lo. Apenas o amo... 
 
Então, chego à conclusão de que realmente é amor. Mas, ele é adicto, e agora?
 
Se ele quiser recuperação, ele a terá, e me terá também. Mas, se ele não quiser recuperação, não consigo ficar, mesmo o amando, e justamente por amá-lo.
 
Entretanto, quando olho para ele, vejo um guerreiro. A luta não é fácil, mas ele não desiste!
 
Entendem?
 
Minha Psicóloga é um barato! Super alto astral! E o bacana é que ela conhece o meu esposo também. Dia desses ela me recebeu assim: “E aí, vai arrastar corrente até quando?” E muitos risos. O bom é que ela me ajuda a perceber o que me faz feliz, ainda que para o mundo pareça que estou “arrastando correntes”. Ela me provoca com frases como essa para sentir o meu nível de segurança nas minhas escolhas. Bem bacana!

“Se é a sua escolha, se é o que te faz feliz, segue em frente, assuma isso, e não deixe ninguém falar mal do seu marido!” 
 
E você, querida companheira, está segura da sua escolha?
 
Sejamos honestas conosco! 
 
Vi uma frase uma vez que diz que somos todas feitas do mesmo tecido, mas que os cortes são diferentes. Temos histórias de vidas diferentes. Mas, todas temos o anseio pela felicidade. Então busque-a! Respeite-se! Aceite-se!
 
Eu, particularmente, penso que todas as nossas decisões devem ser movidas pelo AMOR.
 
Se não dá mais para continuar junto com seu amado adicto, que a separação seja por amor. Por amor próprio, por amor pelos filhos, e por amor ao adicto, que talvez sozinho encontre a recuperação.
 
Se vai continuar junto, que seja por acreditar na história de amor de vocês, e no sentimento que há dentro do seu coração e do dele.
 
Pra que alimentarmos mágoa, raiva, ressentimento, medo, dependência, se temos o amor para nos guiar e nos sarar? Escolha o amor, e sua escolha será a melhor, tenho certeza!
 
Queridas, farei um concurso nesse fim de semana na bela Santa Catarina, estou querendo morar mais perto da família (e na beirinha da praia!)... Darei o meu melhor, e o restante estará nas mãos de Deus. Torçam por mim! 
 
É hora de revisar o conteúdo estudado...
 
Beijo no coração!
Muita serenidade!





14 comentários:

  1. Muito boom .. ler sua postagem me deixou calma .. to consigo pensar .. =)
    Beeijo Poly !

    ResponderExcluir
  2. Precisava dessas palavras Poly, tenho que tomar alguma decisão para minha vida, assim como meu amado adicto! Obrigada pelas postagens que parece que algumas são feitas direcionadas! rsrs Beijos no seu coração! TMJ SPH

    ResponderExcluir
  3. No encontro poderia haver temáticas... talvez menos técnicas (do tipo "médica") mas algumas voltadas ao beneficio da recuperação pessoal...

    ResponderExcluir
  4. Lindo Poly, escolher o amor é sempre a melhor decisão, pois o amor nos guia pelo melhor caminho, seja ele qual for!!!

    ResponderExcluir
  5. Que Deus continue te abençoando querida Poly, estava precisando dessas palavras!

    Só por hoje consigo ficar mais calma diante da situação.

    Beijinhos !!!

    ResponderExcluir
  6. Amo vc!!! Vai com tudo querida!!!! E o mais Deus fará!!!

    ResponderExcluir
  7. Tbm sou a favor do amor Poly e concordo com vc em nao por nossa felicidade nas maos deles, amamos eles e não a doença deles, se nao quizer recuperação mesmo amando naõ continuaria...Meu marido é uma otima pessoa tbm, mas qdo estava na ativa ou então apenas limpo mas sem recuperação, era terrivel...mal humor insuportavel, por isso é importante a recuperação, e qdo o marido põe em prática a recuperação...ah é tão bom né rsrs O amor é lindo!!! rs Amo meu marido e morro de saudades,,,


    bjssssssss

    ResponderExcluir
  8. Me fiz a mesma pergunta hj! E te digo q com toda a certeza do mundo, ele é doente, sim sim é um adicto mais não existe homem que me faça mais feliz! Ao lado dele sou feliz, cada sorriso, cada palavra, cada abraço me fazem flutuar como da primeira vez 13 anos atrás. Se eu gostaria que ele mudasse??? Não! Gostaria que ele conseguisse controlar sua doença como é feito com a diabetes por exemplo...no momento ele está na fase da contemplação e eu respeito o tempo dele, embora pareça loucura. Se eu chorasse dia e noite ele se internaria mais não é assim q tem q ser ELE tem que querer e enquanto eu respirar vou acreditar q um dia isso irá acontecer, mais independente da doença eu o amo!Eu fiquei quase 2 anos separada dele, sai com outras pessoas, fiquei até noiva...rs e nunca fui tão infeliz no sentido de relacionamento, eu vivo SIM sem ele, e vivo bem. Mais eu QUERO viver com ele!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo querida!!

      Me emocionei com seu comentario.

      Paz e serenida

      bjs

      Excluir
    2. lindo....cada palavra que vc disse Deborah....eu me identifiquei muito!!

      Excluir
  9. Que linda declaração de Vida e Amor.
    Certa vez ouvi,
    "Até para se separa precisa ter amor" para não ficar mágoas,fechar uma porta.
    Agradeço todos os dias a Deus e a pessoa que me falou desse Blog, como me ajuda.
    Sou codepéndente ela está latente em mim, mas a difernça agora é que estou procurando ajuda.
    Grupos de apoio, a terapia me transforma, hj me vejo diferente.
    Meu marido está há 16 dias sem beber, agradeço a Deus.
    O futuro deixo nas mãos de Deus,peço à Ele para moldar meu coração,preciso me perdoar, estar bem comigo mesma para poder dar algo de bom para alguém.

    ResponderExcluir
  10. sem nada a acrescentar..perfect..bjusss...

    ResponderExcluir
  11. Aii Polly...que post mais lindo!! Cada frase que eu ia lendo, fui lembrando do meu amor...ahh como sou apaixonada por ele!!
    Você também...muito lindo o amor de vocês dois!.
    (Apesar que às vezes tenho vontade de esganar meu amor, mas isso é normal...em qualquer relação...rsrs...)

    ResponderExcluir
  12. Ajudem....a Polly foi abduzida!! kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir