quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Sei que não estou sozinha!


Peça Pais & Filhos, com Alírio Neto (Deputado Distrital, Secretário de Justiça, Ator e Coordenador do Projeto Viva a Vida Sem Drogas).


“Mantenha sua fé em todas as coisas belas; no sol mesmo quando ele estiver escondido, na primavera mesmo quando ela tiver terminado.”
(Roy Gilson)


25 de outubro de 2012. Quatro horas da madrugada. Quarenta e oito horas que ele está limpo.

Como relatei no ultimo post, após ir para a Clínica, ele saiu para usar “um pouco” mais, prometendo que depois voltaria para o tratamento. E, segundo o Diretor me informou, ele voltou no dia seguinte pela manhã. Na terça-feira dormiu o dia todo, e ontem começou efetivamente o tratamento.

Do lado de cá, estou mais uma vez tentando organizar a bagunça que fica quando o tsunami da recaída passa. Tudo fora de lugar. Emoções, sentimentos, pensamentos...

Tenho recebido muitas mensagens de vocês, e muitos relatos de experiências. Leio todas e coloco na balança para ver onde me encaixo. Obrigada!

E assim vou seguindo, um dia de cada vez.

Hoje é dia de assinar o contrato com a imobiliária. Amanhã pegarei as chaves. E, se tudo der certo, no final de semana estarei no apartamento novo. Acho que isso me fará bem, respirar novos ares.

E hoje é dia de ir à Clínica para assinar o contrato e levar o enxoval que é solicitado. Estou angustiada com isso. Provavelmente irei vê-lo. Eu soube que ele perguntou se ainda tem família aqui fora...

É hora de falar para ele que chega. Que, por amor, estou me afastando. Que é o momento dele pensar somente nele, e encontrar de fato a sua recuperação.

Dói, e como dói, mas estou em paz comigo mesma. Sem culpa.

Na verdade, o que dói é pensar no que poderia ser, mas não foi. Entretanto, como sabemos, é o direito de escolha que todos temos.

Ontem à noite, assisti à peça Pais & Filhos. Já havia visto em DVD algumas vezes, mas assim ao vivo, foi a primeira vez. Levei minha filha, uma amiguinha da minha filha, e mais três amigas que também têm dependente químico na família.

Foi muito emocionante. Ver aquele pai e mãe fazendo de tudo para salvar o filho das drogas. Não deu pra segurar as lágrimas. Para muitos ali, era um belo espetáculo. Mas, para nós, é a nossa vida. Muito real.

O lado bom disso tudo é poder levar minha filha adolescente para ter informação sadia sobre as drogas, e ajuda-la a fazer as melhores escolhas no decorrer de sua vida.

Eu havia programado várias vezes com o meu esposo a nossa ida juntos a essa peça. Senti falta dele ali. Mas, existem coisas que não podemos mudar, apenas aceitar.

Ao final, uma canção ao vivo, que me é muito especial, pois me traz lembranças demais do meu esposo, e porque é uma das que eu mais canto, quando meu coração está agitado. E é com essa canção que termino este Post:


Deus está aqui neste momento.
Sua presença é real em meu viver.
Entregue sua vida e seus problemas.
Fale com Deus, Ele vai ajudar você.

Deus te trouxe aqui
Para aliviar o teu sofrimento.
É Ele o autor da Fé
Do princípio ao fim,
Em todos os seus tormentos.

E ainda se vier noites traiçoeiras,
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo.
O mundo pode até fazer você chorar,
Mas Deus te quer sorrindo.

Seja qual for o seu problema
Fale com Deus. Ele vai ajudar você.
Após a dor vem a alegria,
Pois Deus é amor e não te deixará sofrer.

Deus te trouxe aqui
Para aliviar o seu sofrimento.
É Ele o autor da Fé
Do princípio ao fim,
Em todos os seus tormentos.

E ainda se vier noites traiçoeiras,
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo.
O mundo pode até fazer você chorar,
Mas Deus te quer sorrindo!



6 comentários:

  1. Deixe suas esperanças, e não seus ferimentos, moldarem seu futuro.

    ResponderExcluir
  2. oiii..Pollyyy...graças a Deus ele se rendeu mais uma vez...as sementinhas vão sendo plantadas e a cada desvio no caminho an recuperação dele acredito que ele tenha um novo aprendizado...desejo que ele aproveite todos os aprendizados que ele puder ter...e o caminho de volta é longo mesmo...foram anos de adicção agora são anos pra se modificar e aprender a viver diferente...
    Quanto a ti...sei exatamente como se sente, meu marido me "obriga" a repetir pelo menos umas 5 vezes por dia que eu não quero mais continuar nossa relação...rs...sabe esses dias que estreiou a nova novela "Salve Jorge" que se passa no RJ, ele parou, olhou, pensou e me disse assim: Já que a gente vai ficar assim vou voltar pro RJ..na hora no exato momento me deu um sentimento de alivio, no instante seguinte me bateu uma tristeza e meus olhos se encheram de lágrimas...justamente pelo que vc citou...a tristeza bate pq pensamos como poderia ter sido se a adicção não tivesse no meio...mais não tem jeito né...temos que aceitar e viver nossa vida da melhor maneira..e o que me mantém de pé é saber que estou aprendendo a como de fato ser feliz...e como de fato poder ajudar...
    E essa vontade de mudar de casa tb..nossa eu tb não aguento mais viver onde vivo..queria respirar outros ares...rs..como vc disse...mais ainda não deu...talvez pq ainda não seja a hora...mais tenho fé que o melhor está por vim e como dizem o mais lhe será revelado..rs.
    Fique bem Só por Hoje...Fé força e Alegria..SEMPRE
    TMJ

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, querida a +ou- um mês leio frequentemente seu blog, sou uma jovem de 25 anos vivendo o fantasma da codependencia, é impressionante como acompanhar os relatos de uma pessoa que a gente nem conhece pessoalmente pode mecher com os sentimentos da gente. Meu esposo ta em um centro de recuperação em fortaleza a exatamente 05 meses e 02 dias e graças a Deus permanece limpo, fiquei muito deprimida e confusa quando li sobre a recaida do seu esposo depois de mais de um ano limpo, mais é isso mesmo afinal essa doença é muito traiçoeira. Gostaria de saber se vc ñ sabe algum site q ofereça cursos na area de dependencia quimica, pois enquanto ele busca a recuperação eu gostaria de buscar conhecimentos aki fora, mais infelizmente na minha cidade não tem nada que possa me ajudar. Me diz uma coisa o instituto que seu esposo está o tratamento é ambulatorial?
    Olha só o centro em q meu esposo está chama-se Leão de Judá o tratamento lá é apenas espiritual psicológico e terapeutico não se toma nenhum tipo de medicamento, se "curam" através de Deus e nada mais, afinal essa doença ainda desafia a medicina né!
    Que Deus te abençõe, e só por hoje permaneça bem!

    ResponderExcluir
  4. Poly...a mudança lhe fará bem, nesse momento da sua vida que vc precisa se afastar do seu marido, vai ser bom um novo ambiente, sei que ele estará em seu coraçao, mas onde vc mora atualmente tem muito da presença dele, não é mesmo?
    Querida torço demais pela tua felicidade, e podes ter certeza que essa linda historia de amor ainda nao chegou ao fim !


    um grande beijo!

    ResponderExcluir
  5. Acho que vcs vão voltar...
    ...tudo vai ficar bem...

    ResponderExcluir
  6. Essa música é muito linda mesmo!!!

    Amiga, essa nova casa vai trazer muitas coisas boas pra você!!!

    Beijos TMJ!

    ResponderExcluir