domingo, 2 de setembro de 2012

Vamos nos amar de verdade?


Boa noite! Tudo bem com vocês?

Por aqui tudo em ordem, graças a Deus.

Meu esposo está limpo há 11 meses e 2 dias! Isso é realmente maravilhoso! Ele está bem empolgado com a volta ao trabalho. O primeiro plantão foi tranquilo, e o medo de ser discriminado pelos colegas passou. Ele foi recebido com muito carinho.

A postagem de hoje será dividida em três partes: Relato de uma companheira, Puxão de orelha e Promoção Me amar de verdade!


Relato de uma companheira!




Quero começar esse post com um relato recebido hoje, que me emocionou demais! Quando me sinto cansada e desanimada, ou com vontade de parar, são palavras como essas que me renovam as forças! Muito obrigada, nova amiga!

"Há momentos em que a gente deixa de acreditar até que Deus existe... Estamos sem rumo. Sem direção. Não entendemos nada nem mesmo dentro de nós mesmas. A dor é tão grande que a gente não consegue nem mesmo ter uma reação...
Ontem foi meu dia de me sentir assim... Meu carrinho da montanha russa estava despencando em queda livre, eu tentando respirar e Deus usou você Polyanna Amando Um DQ, para me responder a todas as minhas perguntas e para me mostrar que sim, há uma saída. Que sim, dá para ser feliz. Que sim, dá para acreditar!
Encontrei teu blog "do nada" ... Pensei que talvez tudo pudesse ter sido diferente em minha vida se eu tivesse conhecido teu trabalho antes, mas aprendi que as coisas acontecem na hora de Deus e não na minha hora... 
Me arrepiei. Me emocionei. Vi um filme passar na minha frente ao ler cada um dos teus relatos assim como os relatos das meninas que postaram em teu blog. É incrível, nossos sentimentos, medos, inseguranças, pensamentos e em fins parecem ser todos os mesmos. Nossas histórias se confundem... Se unem por nossa dor, mas principalmente por nosso amor.
Ontem comecei a ler teu livro. Entre lágrimas, nem vi o tempo passar, mas senti uma calma imensa tomando conta de mim... Uma calma que há muito eu desconhecia. A cada linha, uma sensação de conforto... Era como se eu realmente pudesse ver a luz brilhando no fim do túnel... 
Você é um anjo sem asas. Deus colocou "todo esse sofrimento em tua vida" para que tu pudesse realizar essa obra, linda, verdadeira e abençoada. Ajudar a uma pessoa já é algo gratificante. Mudar a vida de muitas e muitas pessoas não tem preço.
Obrigada pelo teu carinho. Pela tua força. Obrigada pelo teu abraço apertado e confortador, é assim que eu resumo teu livro: Um abraço daqueles de urso panda. Bem forte e apertado. Um abraço que chega em um momento em que a solidão e o medo parecem ser as únicas companhias...
Obrigada por tua coragem. Por tua fé. 
Saiba que ontem tu começou a mudar a minha vida. Sei que tenho um caminho longo, árduo e difícil para percorrer. Que minha escolha não é, nunca foi e jamais será fácil e que talvez eu nunca vá ter uma história de conto de fadas... Mas quer saber? Eu AMO e sou amada com a mesma intensidade. No mundo em que vivemos, há algo que me conforta: meu marido tem uma doença incurável que é a dependência química. Ele enfrenta milhões de problemas provocados por ela todos os dias, como ele costuma dizer, ele mata um leão por dia para conseguir ficar em pé e seguir em frente, e apesar de tudo isso, eu me orgulho em saber que EU SEI QUEM É O MEU MARIDO. Conheço ele do avesso. Conheço cada pensamento, cada atitude. Conheço o coração enorme que ele tem e isso para mim não tem preço... Em um mundo onde a maioria das pessoas usam máscaras, são hipócritas, eu encontrei um amor que é verdadeiro em tudo, até mesmo nos maiores defeitos. Isso cria entre nós uma cumplicidade, uma amizade, um amor maior que tudo. Somos abençoadas por Deus por conhecer o AMOR literalmente...
A partir de hoje, vou começar a viver um dia de cada vez... E acreditar mais do que nunca, que Deus está ao nosso lado e quer que o melhor aconteça... e... Vai acontecer, em um mar de paz e luz e som.
Obrigada de coração.
Vamos manter contato! Se eu poder fazer alguma coisa para ajudar a divulgar essa "bíblia" que é teu livro, farei com todo prazer e amor do mundo.
Um beijo enorme no teu coração e saiba que conquistou não só uma admiradora, mas uma amiga."


Puxão de orelha!


Sabe, gente, o blog Amando um Dependente Químico tem como características a transparência e a sinceridade. Tudo o que está aqui escrito é o que realmente sinto e vivo. E não pensem que porque o blog cresceu ou porque saí na mídia que isso vai mudar. Continuo sendo uma codependente em recuperação, e continuo sendo esposa de um adicto, logo continuo precisando de vocês. Então vamos lá, preciso desabafar.

Leitores, amigos, companheiros e parceiros de blog, quando decidi criar o livro Amando um Dependente Químico – Dias de Dor, pensei em primeiro lugar em vocês. Sim, em vocês que sempre estiveram aqui presentes, lendo, comentando, perguntando, respondendo, etc. E fiz o livro com muito carinho. Foram muitas madrugadas escrevendo, lendo e relendo, para fazer o melhor. Depois veio a parte burocrática, registro na Biblioteca Nacional, cadastro do ISBN. Custos.

Vocês viram a dedicatória? “Dedico este livro aos leitores do blog Amando um Dependente Químico que se mantiveram ao meu lado por meio de mensagens, orações e demonstrações de carinho, nos dias de vale e de montanha. A vocês, com quem aprendi e a quem ensinei, ofereço a realização deste sonho, na certeza de que estamos juntos, e de que juntos conseguimos fazer o que sozinha eu não conseguiria!”

Incluí no livro alguns relatos de vocês. Algumas histórias.

Entretanto, as pessoas que têm adquirido o livro são aquelas que viram a reportagem, ou chegaram aqui pelo facebook, ou outros meios. Mas, vocês ainda não pegaram os seus. Confesso que fiquei triste.

O problema é o preço? O livro impresso está saindo a R$ 39,98. Esse preço é porque é um livro de 261 páginas com capa de qualidade. Infelizmente publicação independente é cara. Desse valor, a minha parte é R$ 6,00 em cada livro.

E tem também a opção do Ebook. O preço é R$ 16,89. Se ainda assim, você não tem como pagar, me envie um e-mail, a gente dá um jeito.

O problema é a dificuldade em comprar pelo site do Clube de Autores? O cadastro é muito simples, e pode ser pago em cartão de crédito, transferência online ou boleto bancário. A entrega é rápida e o site é confiável. Mas, se ainda assim, você não quer se cadastrar, solicite-me o seu livro via e-mail, que eu enviarei via correio e você realizará o depósito em minha conta.

Estou tentando a consignação em algumas livrarias, mas isso requer tempo.

Queridos, eu não quero ficar rica vendendo livros! Até porque eu teria que vender muitos livros para enriquecer ganhando R$ 6,00 por unidade. Mas, eu quero sim que todos vocês leiam e divulguem a quem precisa, porque acredito que ele é sim um instrumento de ajuda a quem deixou de viver por causa da adicção de quem ama. Eu gostaria muito de ter lido o que está lá há alguns anos atrás.

O pior é que sei que se eu escrevesse um livro sobre a cura da dependência química, todas comprariam, já seria um Best Seller, mas como é um livro escrito para nós, pensando em nós, fica pra depois, não é mesmo?

Digo a vocês que grande parte do que vivo hoje aprendi nos livros.

Gente, vamos nos amar! Vamos nos cuidar!

Desculpem-me pelo desabafo!


Promoção Me amar de verdade!



Como eu amo vocês demais, resolvi fazer uma promoção. Quem adquirir o seu livro Amando um Dependente Químico - Dias de Dor (impresso ou e-book), no período de 01/09/12 a 20/09/12, estará concorrendo a um super prêmio que simboliza o amor por nós mesmas, e a volta da autoestima: uma maquiagem Make B. Miami Sunset, lançamento de O Boticário, igualzinha a da foto! Linda, né?!

Para concorrer, basta enviar um e-mail para polyp.escritos@gmail.com informando: o número do pedido gerado pelo Clube de Autores, sua cidade, e o número do pedido de quem te indicou o livro (se houver). O assunto deve ser PROMOÇÃO ME AMAR DE VERDADE. Só participará do sorteio quem tiver finalizado o pedido. Ok?

Se quiser aumentar suas chances de ganhar, indique o livro a uma amiga ou amigo, e peça para ele incluir o seu nome (número do seu pedido).

Foi a forma que encontrei de chacoalhar vocês...

“Quando aprendi a me amar de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento...(Charles Chapplin)

E então, vamos nos amar de verdade?!

No lado direito do Blog tem um link para a compra do livro.

Beijos no coração!

27 comentários:

  1. bahhh..doeu minha orelha!!!..hehehe..eu quero muito comprar teu livro poly axu que esse mes eu vou conseguir!!!beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, querida Lyly, mas é com amor, você sabe! Beijos!

      Excluir
  2. Oláa! Criei meu blog hoje e com a mesma intenção que você (eu acho). Tenho um companheiro dependente químico que acabou de ser internado pela segunda vez e tem aprontado coisas que não são atitudes do meu companheiro, não são atitudes do homem que eu escolhi pra viver o resto da minha vida e muitas vezes não tenho com quem dividir isso pois o julgamento das pessoas muitas vezes é bem cruel. Criei o blog como forma de desabafo e optei por não me expor e nem expor a ele. Espero que possamos ter contato. =)
    As vezes sinto-me desesperada por não ter a capacidade de acabar com isso de uma vez por todas, pois é um sofrimento não só pra ele como também pra mim.
    Que eu seja bem-vinda e como dito anteriormente, que possamos ter contato!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ôpa, seja muito bem-vinda! Segura aí na nossa mão e vamos juntas, que fica mais fácil! Grande abraço!

      Excluir
  3. Olá, Poly, acabei de ler seu livro e confesso que lamentei ter acabo :(

    Foi muito importante pra mim a leitura desse livro. São 8 anos vivendo nessa montanha russa, foram 8 anos sem saber o que se passava. Só agora, 8 anos depois, entendi a situação do meu marido. Só agora, depois de ler seu livro..

    Foi importante pra eu parar de lutar... uma luta dura e injusta, pois as drogas são muito mais fortes que eu. O meu marido não tem vontade de parar, não sabe o quanto sua doença me faz sofrer, não sabe o quanto é ruim viver com mentiras e conviver com as drogas, enfim... ele não faz ideia das conseuqencias do seu uso em nossas vidas (minha e dos meus filhos). Um dia ele me falou que ele nunca me expos ao uso das drogas... Jesus, quando ele me disse isso eu fiz chorar... como ele me fala isso depois de tudo o que ele me fez passar? Todas as humilhações públicas, todas as agressões verbais, todas as mentiras, todas as dissimulações, as falsas ilusões, todos os sonhos quebrados/destruidos, todo o sofrimento... Jesus!!!

    Hoje não luto mais, tenho a facilidade de morar longe (estou morando com minha mãe e ele sozinho) e não convivo com as drogas, ainda de longe eu sofria quando ele escolhia as drogas ao inves de ficar conosco. Hoje não sofro mais.

    Na verdade estávamos vendo casa pra voltarmos a morar juntos e... desisti! Não quero conviver com as drogas de novo... hoje eu aceito que ele use as drogas, entendi que essa é a escolha dele e eu não tenho como interferir nisso. Entendi que a luta individual dele é muito dura e, acho que eu não quero ve-lo sofrere tanto. Entendi que devo mudar a mim, só posso mudar isso mesmo e deixar que ele assuma as consequencias do uso.

    Ele prefere morar longe, prefere não compartilhar esses momentos unicos com os filhos (que crescem tão rápido), prefere dar dinheiro para as drogas ao inves de presentear a família, prefere a realidade falsa que as drogas o dão a viver ao meu lado sóbrio e experimentar o gosto da realidade com a família. Essa é a escolha DELE! Eu posso escolher sofrer por isso ou viver com a minha realidade, viver da melhor forma possivel!

    Eu escolho viver bem com meus filhos!

    Não vou dizer que não estou sofrendo, na verdade sinto um vazio no meu peito, nada mais tem sentido... perdi de vez meus sonhos, minha esperança, minha perspectiva... o que me faz continuar são meus filhos! Amo-os e quero viver bem com eles!

    Esse vazio é muito ruim... hoje sai da casa dele bem cedo, pedi pra não ficar com ele hoje (sabia que ele estava "na seca" por causa das suas atitudes, seu nervosismo), fui pra missa, senti um vazio horrivel,mas continuei de pé. Liguei pra ele... celular sem atender, a casa ninguém atendia... comportamento padrão... dessa vez não chorei pois já esperava essa atitude, já sabia da sua escolha... não fiquei ligando 500 vezes por minuto, não sai ligando pros amigos, não liguei pros pais dele... simplesmente resspirei e fui viver meu domingo com meus filhos...

    Foi bom, não foi ótimo porque ele não fez a escolha que eu queria (rsrsrsrsrrs), mas foi bom porque curti com meus filhos!

    Estou a caminho da minha recuperação, pois a co dependencia corroi! vamos ver se eu consigo!

    Beijso, querida, continuemos firmes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Flavia, fico muito feliz que o livro tenha te ajudado. O importante é isso: saber que temos o direito de ESCOLHER! Sei que você conseguirá a paz e a felicidade para você e para os seus filhos. Te esperei no NAR-ANON na terça passada... Cuide-se bem, minha querida! Beijos.

      Excluir
    2. Poly, queria muito conseguir ir as reuniões... queria mesmo, mas tenho 5 filhos e não consigo achar alguém pra ficar com eles :( Terça passada minha sogra disse que ia ficar, mas... não ficou, então não consegui ir de novo :( Vamos ver nessa terça :( Beijos enormes

      Excluir
    3. Eu também tenho essa dificuldade. Na terça passada levei o meu de 3 anos e o de 5 meses, mas é complicado mesmo. Imagina na hora das partilhas meu filho correndo no meio do círculo! Rs. Amanhã provavelmente não irei, pois meu marido estará de plantão, daí ficarei sem carro. Mas, qualquer hora a gente se encontra, com certeza. Quando tiver oportunidade, vá, vai se sentir bem... No que precisar, estou aqui. Quando eu for, posso ficar com as crianças brincando lá fora enquanto você assiste a reunião... Bjos!

      Excluir
  4. Poooooly,

    eu estou morrendo de vergonha por ainda não ter comprado...
    Você está mais que certa no puxão de orelhas, nem posso reclamar!
    Já falei mil vezes com meu bem que vou comprar, mas até agora nada...
    E o pior é que não tenho justificativas...
    Acho que o nome é "enrolação" mesmo!
    Que horror!
    rsrs
    Farei isso essa semana.
    Desculpe-me, minha querida fonte de inspiração!
    (Que ingrata eu sou!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica com vergonha não, amore. Sei bem como é o nosso comportamento quando diz respeito a algo para nós mesmas, por isso fiz esse post, mesmo com medo de ser mal compreendida...
      Quando fizer o pedido, me envia o código pra concorrer à maquiagem do Boticário e ficar ainda mais lindona!
      Beijos! E obrigada!
      Boa semana, Flor!

      Excluir
  5. Bom dia querida amiga, relato muito lindo da nossa amiga, teu livro realmente é capaz de abordar todos os sentimentos que alguem que convive com este problema tem, e de forma sensata e imparcial, eu sou fâ numero 1. =) Ah eu comprei no mes passado, mas pode me por na promocao heim? Grande abraço e fica com Deus! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabia que coloquei o link do seu post sobre o livro lá na página do Clube de Autores? Suas palavras me emocionaram demais!
      Me passa o seu código do pedido ou cidade pra eu localizar o código, que te cadastro no sorteio... Merece!
      Bjão, minha linda!

      Excluir
  6. Foi bom o puxão de orelha, já comprei o//
    Beeijão Polly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recebi teu e-mail e te respondi, futura vizinha! Bjos, Jézinha! Que o livro possa ser bem útil na tua recuperação e vida...

      Excluir
  7. Bom dia querida Poly!
    Confesso que ja entrei varias vezes no site dos autores, só nao comprei ainda pq to enforcada com a mensalidade da instituiçao,olho, olho, namoro rsrs, mas passando esse apuro quero muito ter seu livro, queria ter sido uma das primeiras a comprar, mas vou me preparar e pra te-lo !!!!

    Agradeço vc pela força, pela inspiraçao que tenho em vc de uma mulher lutadora !!!

    Qdo crescer quero ser como vc !! rs


    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é isso, Emily! Ter que arcar com as despesas sozinha e ainda mais a mensalidade da instituição... Se não tiver como comprar, me avise, tá?
      Todas nós temos essa força... Eu também te admiro! Estamos juntas!
      Bjão!

      Excluir
  8. Orelha devidamente puxada, rsrsrs...ardeu, viu! Ainda não comprei por absoluta falta de dindin, mas quero muiiiito! Calma que eu chego lá!
    Bjusss

    Janete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Janete, qualquer coisa me envia um e-mail. Beijos, companheira! E a puxadinha da orelha foi com amor, nem ficou vermelha... risos!

      Excluir
  9. AAAAAAAiii minha orelhaaa!! rsrs

    Fiquei envergonhada agora.. =[
    Quero muito comprar.. vou ser se ate a semana que vem consigo dim dim.

    Vou divulgar pra quantas pessoas eu puder!!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Camilinha! Conto com vocês na ajuda da divulgação. Pode ter alguém precisando, sofrendo, e sem nem ao menos saber o que é a codependência. Um super beijo!

      Excluir
  10. Meninas, acabei de ver que até o dia 08/09 o livro estará em preço promocional, saindo a R$ 33,95 no site do Clube de Autores. E quem comprar até o dia 20/09 ainda concorre a essa linda maquiagem, lançamento de O Boticário (que custa R$ 99,00)! E o mais importante, será um instrumento a mais no caminho da sua recuperação... Bom demais, né?! Lindas por dentro e por fora!!!

    ResponderExcluir
  11. Oi Poly! Como te disse no email, seu blog me fez acreditar que não sou sozinha nesta luta...todas as nossas histórias são parecidas... como pode?!
    As vezes, penso em desistir, mas como desisir se eu ainda o amo! Nossa filha é minha maior alegria, minha vida, meu tudo! Quero tentar vencer isso enquanto houver forças.
    Vou comprar seu livro sim!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, eu também pensava estar sozinha... Mas, desde que fui ao grupo de apoio e que criei o blog, nunca mais me senti assim. Somos muitas! E juntas somos mais fortes. Tire a palavra desistir do seu vocabulário, aliás você pode desistir de tudo, menos de você mesma! Parabéns pela filhinha!
      Bjão!

      Excluir
  12. Minha amiga!!!
    Me identifique muito com esse lindo relato... Concordo com tudo que essa companheira disse!!!

    Sobre o Puxão de orelha... serviu pra mim também... rs
    mas se não der esse mes, mes que vem eu compro!!!

    Mas agora que descobri que tem como pegar direto com você, acho que vou querer... Por que aí, eu ganho uma dedicatoria.. rs

    Beijos TamuJuntas!

    ResponderExcluir
  13. Poly, lembra que te falei que havia comprado o livro. Bem, ao realizar o pedido, o site retorna um e-mail neh e até agora não recebi nada. Já tentei acessar o site algumas vezes e não estou conseguindo. Estou louca para ler o seu livro, amo demais todos seus relatos e te acompanho faz um tempão, por favor se você puder me enviar, ficarei mto feliz.
    Tbm quero ganhar essa linda maquiagem neh, rs.... Amo demais!!!

    Um beijão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Selena, me envia um e-mail para polyp.escritos@gmail.com que te envio via correio... Bjos!

      Excluir
  14. Quero comprar também,acho que mês que vem dá para comprar no cartão?e parcela?
    Bjocas

    ResponderExcluir