quinta-feira, 21 de junho de 2012

Estamos Juntos!



Boa noite, queridos!

21 de junho de 2012, 21 horas. Quinta-feira.

Meu esposo está na reunião do NA, conforme de costume. À tarde, esteve em sua consulta com a Psicóloga. Amanhã terá Psiquiatra. É, para vencer a dependência química diariamente é preciso querer, e é preciso esforço, afinal, para recair basta não fazer nada, e a doença sorrateiramente se aproximará...

Dia triste hoje. Tivemos a notícia da recaída de um amigo. Alguém muito querido e que estava limpo há uns 8 meses. Daí, por um lado sofro pela recaída do companheiro e amigo, e por outro lado sofro com o medo que vem. Medo do meu esposo recair, medo de voltar a viver aqueles dias de angustia e dor, medo de perder essa paz tão gostosa. Então o que me resta é elevar meu pensamento a Deus em oração, e entregar a Ele o que eu não posso controlar...

Só por hoje meu esposo está limpo há 8 meses e 20 dias!

Hoje pela manhã a toalha da mesa do grupo do NA estava no nosso varal, fiquei olhando aquele pano azul, com aquele símbolo e algumas palavras, e pensando no quanto tudo isso tem feito bem para o meu esposo e para a nossa família. Acreditem, funciona mesmo! Obrigada, Bill e Bob!

Lastimo muito por meu pai ter morrido sem ter entrado em uma sala de NA.




Há um ano, fiz esse vídeo e coloquei no youtube com trechos do Blog. Gostaria de partilhar com vocês as palavras recebidas por meio dele.

“Após quatro anos de relação com um adicto.. vindo de mais uma recaída após 3 internações, reuniões diárias de NA, NAR ANON.. Eu estava prestes a desistir, até aparecer esse vídeo.. Me emocionou bastante. Parabéns, pollyana.. que Deus te abençõe..."

Voto positivoVoto negativo”Obrigado pollyana, que o P.S. te abençoe, a teus familiares e a todos os familiares de adictos deste mundo, aos usuários desejo que não morram antes de conhecer N.A., chorei todas as vezes que assisti a este vídeo.”

Voto positivoVoto negativoResponder http://s.ytimg.com/yt/img/pixel-vfl3z5WfW.gifMuito Lindooo ..uma frase que se encaixa bem: ‘ Cuide bem do seu amor , seja ele quem for.’"

Voto positivoVoto negativoResponder http://s.ytimg.com/yt/img/pixel-vfl3z5WfW.gifParabéns a vc que postou esse video maravilhoso, estou limpo a 83 dias (31/12/11), naum me recordo de um Natal e um Ano Novo sem drogas, esse ano foi o melhor ano da minha vida !!! A minha familia voltou, apesar de todos os percausos, minha mulher, o amor da minha vida , naum desistiu de mim !!! Só por hj...funciona !!!! Tamu junto !!!!Voto positivoVoto negativoResponder http://s.ytimg.com/yt/img/pixel-vfl3z5WfW.gif

“PARABÉNS .....PARABÉNS ... Pra quem postou o vídeo!!! A vitória é sua, tenha fé!!! Um grande abraço!!!”

E hoje, em especial, recebi um comentário do Caio, um adicto, no Post Carta de DQ em Recuperação, que confesso, me fez chorar. Vejam:

"Olá Poly.
Encontrei seu site através de seu vídeo no Youtube, que por sinal me deixou em lágrimas. Sou um adicto em recuperação, tentando viver o 'Só Por Hoje'. Estou a 38 dias de volta a sociedade depois de 6 meses de internação. Foi minha primeira e espero que seja a última. Digo 'espero que seja a última' pois é difícil, muito difícil ficar se contrariando dia após dia, entregar minhas vontades e minha vida aos cuidados de Deus e deixar com que ele remova todos meus defeitos. Desses 38 dias acabei por vacilar e tive 4 recaídas rápidas, questões de horas apenas, seguida de grande frustração, dor e sofrimento. Você sabe bem o que é isso sendo uma co-dependente.
É muito doloroso ver o que acabei fazendo comigo mesmo, matando aquele cara que um dia teve tudo do melhor, de boa criação, melhores escolas, bons amigos
(sim tenho amigos de coração).
A cada dia acordo para vir trabalhar e em diversas vezes me pego em pensamentos errados, pensamentos que ficam mirabolando possibilidades para o uso. Começo a ficar perturbado o que não ajuda muito, ansioso ao extremo, querendo tudo nessa hora dessa maneira.
Tenho medo de às vezes voltar para casa pois fico da hora em que chego até a hora que minha irmã volta do serviço - cerca de até 4 horas - sozinho. Milhões de coisas passam em minha mente. Frequento o grupo perto de minha casa, mas fico insatisfeito algumas vezes.
Enfim, quero mesmo dizer que seu site está nos meus favoritos e que seu trabalho é algo fora de série. Seu amor incondicional é algo espetacular e deve ser visto por todos para que um dia a sociedade pense diferente e não reprima nós adictos como simples coitados marginalizados, doentes sem futuro. O que precisamos mesmo é de uma mão estendida por mais que não queremos pedir ajuda, pois é difícil a 'aceitação e a rendição', precisamos só de um pouco de atenção e que apenas nos escutem e mais nada.
Depois de ler seu site, Só por hoje tenho certeza de que não usarei.
É isso, um forte abraço e uma boa recuperação e alegria para vocês."

Força, Caio! Não desista! Só por hoje... Um forte abraço e uma boa recuperação e alegria para todos nós, companheiro!

"O presente (o só por hoje) é tão grande, não nos afastemos. Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas..." 
Carlos Drummond de Andrade

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Vale a pena saber!


Está em votação, na Câmara, o Projeto de Lei 7663/2010 que altera a Lei 11.343/2006, cujo assunto é a Política sobre Drogas. Dentre as novidades contidas no PL, podemos citar a obrigatoriedade de classificação das drogas (exemplo: traficante que vende maconha x traficante que vende crack) e as condições de atenção aos usuários e dependentes químicos. A gente sabe que dependente químico é doente e não bandido, não é mesmo?

Deixarei o link para quem se interessar em conhecer o PL. Clique aqui

Ou se preferir, clique aqui, e assista ao vídeo da TV Câmara, com entrevista do Dep. Osmar Terra, autor do PL. Acho interessante sabermos disso. Quem quiser opinar a respeito, fique a vontade!

Mudando de assunto, eu sou mãe de três filhos, e estou com minha maternidade ainda mais aflorada com a chegada do nosso caçulinha que fez três meses ontem, e que ainda só mama no peito. Acho que nada nesse mundo é mais forte que esse sentimento de maternidade... Será?

Na semana passada foi veiculada a notícia de uma mulher, aqui do Distrito Federal, que abandonou em casa, suas três filhinhas, uma de dois meses, outra de três anos e a mais velha de cinco anos, sozinhas. Ela é dependente química. Deixou as meninas em casa para ir usar drogas. Um dos vizinhos ouviu o choro das meninas e chamou a polícia. As crianças tinham fome e estavam sujinhas. A mulher foi autuada por abandono de incapaz, e agora o Conselho Tutelar irá realizar entrevistas para encontrar uma família que deve ficar com a guarda das crianças.

Confesso que fiquei chocada com a notícia. Meu Deus, nada nesse mundo me faria deixar meus filhos assim. Mas, a loucura pela droga, o domínio que essa terrível doença (dependência química) exerce sobre a pessoa, faz sim com que ela cometa atos completamente insanos e impossíveis de se entender.

Essa mulher não deveria ser presa, deveria ser internada.

Quanto às crianças, é fato que elas precisam de alguém capaz de cuidar delas, ainda que não seja a mãe... Muito triste isso.

Bom, queridos, apenas queria comentar com vocês sobre essas duas notícias.

Graças a Deus, aqui em casa, está tudo em paz. Arrumando as malas para visitar os pais do meu esposo na bela Santa Catarina!

Maridão limpo há 263 dias (8 meses e 19 dias)! Obrigada, Deus!

Para concluir, deixarei a oração da serenidade completa, que ele (meu esposo) colocou hoje cedo fixada na porta da nossa geladeira:


Concede-me Senhor
A serenidade necessária
para aceitar as coisas que eu não
posso modificar.
Coragem para modificar
aquelas que eu posso
e sabedoria para
distinguir uma das outras.
Vivendo um dia de cada vez;
Desfrutando um momento de cada vez;
Aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz;
Considerando como tu,
Este mundo pecador como ele é
E não como eu gostaria que fosse;
Confiando que endireitarás todas as coisas
Se eu me render à tua vontade,
Para que eu possa ser moderadamente feliz nesta vida e sumamente feliz contigo na eternidade.






segunda-feira, 18 de junho de 2012

Resultado do 3º Sorteio!



Bom dia, meus queridos!

05h08min desta segunda-feira, dia 18 de junho de 2012.

Maridão limpo há 261 dias (8 meses e 17 dias), graças ao nosso bondoso Deus!

Diante disso, nossos dias têm sido “normais”, e isso é simplesmente maravilhoso... Dentro dessa normalidade temos dias de passeio em família, dias em casa nos afazeres domésticos, outros em casa sem fazer nada, dias de bom humor, dias de mau humor, planos, etc.

Semana que vem iremos para a casa dos meus sogros em Santa Catarina. Vamos matar a saudade da família, realizar a prova de um concurso público, curtir o friozinho por lá, e rever o mar! Mas, passaremos apenas uma semana, e logo estaremos de volta.

Bom, hoje o blog completa 1 ano e 1 mês, e hoje é o dia do nosso terceiro sorteio, por isso madruguei para realizá-lo.

Por volta das 04h da manhã, copiei todos os comentários deixados no post 3º Sorteio, colei no Word, recortei um a um, dobrei e os coloquei sobre a mesa da cozinha. Fiz uma oração por todos os participantes e também por seus amados adictos, e pedi que Deus direcionasse para que esse material que será entregue vá àqueles que precisam. Exatamente por isso preferi mais uma vez sortear aleatoriamente do que escolher. E o resultado já está aqui...

Para deixar vocês com um gostinho de quero mais, citarei abaixo, pequenos trechos do material que será enviado como prêmio:

“... Olhei para a minha família disfuncional, reconheci meu papel, enxerguei a situação dos meus filhos e me direcionei para o que realmente deveria fazer para tentar mudar algo. E comecei então a cuidar de mim, a modificar a minha forma de agir em casa, a cuidar mais de meus filhos, de uma maneira diferente do que pensava ser cuidado, a entregar o problema a um Poder Superior, a ser mais assertiva. Tudo em minha volta começou a se modificar também. Quando meu marido voltou da internação, toda a nossa convivência estava passando por transformações. E assim elas se sucederam, uma após as outras, como comprimidos homeopáticos que, sutilmente, modificavam, dia após dia, as nossas vidas. Este era o reflexo das reuniões que assim também funcionavam. Em cada semana uma descoberta, uma dose de autoestima, de esperança, de mudança...” (Revista Anônimos, por Neide Zanelatto)

“Co-dependentes são pessoas que consistentemente, e com grande esforço e energia, tentam forçar as coisas a acontecerem. Controlamos em nome do amor. Fizemos isso porque estamos ‘apenas tentando ajudar’. Porque sabemos melhor como as coisas devem ser e como as pessoas devem comportar-se. Porque estamos certos e eles estão errados. Porque temos medo de não fazer isso. Porque não sabemos mais o que fazer. Para parar a dor. Controlamos porque achamos que temos de fazê-lo. Controlamos porque não pensamos. Controlamos porque é só nisso que pensamos. Finalmente, controlamos porque é assim que sempre fizemos as coisas...” (Livro Co-dependência Nunca Mais, da Melody Beattie)

“Ao aliviar a ansiedade de minha vida fico mais preparada para fazer as escolhas certas e no melhor momento para mim. Quando não me preocupo com um futuro, sobre o qual não tenho nenhum controle, retiro um enorme peso dos meus ombros no dia de hoje. Já foi dito que nossa ansiedade não evita as tristezas do amanhã, apenas retira do hoje a sua força...” (Livro Compartilhando Experiência, Força e Esperança - CEFE)

Bom, agora a escolha é com os sorteados!

Lembrando que os dois primeiros ganhadores deverão encaminhar um e-mail para polyp.escritos@gmail.com, de preferência, ainda hoje, com o nome do material de sua escolha. E os três sorteados deverão enviar o nome e endereço completo, para o mesmo e-mail, para o envio dos prêmios via correio, por carta registrada. A assinatura da revista será providenciada junto à editora da mesma. E se a pessoa sorteada desejar, poderá repassar o prêmio para outro participante do sorteio, a quem ela queira presentear.

Vamos aos nomes?!!

Antes, eu gostaria de agradecer a todos os que participaram pelas lindas palavras partilhadas. Me emocionei várias vezes ao ler os relatos deixados. Muito obrigada!

Agora vamos lá.

Os ganhadores, por ordem do sorteio foram:

1º JJ (Jéeh) - post Tudo isso é momentâneo e vai valer a pena! “Apesar de sentir sua falta, maior do que isso é a alegria que sinto por saber que está se tratando, aprendendo formas de lutar contra essa enfermidade, se conhecendo, se trabalhando e melhorando a cada dia. Fica firme! Eu e as crianças estamos bem, Deus tem cuidado maravilhosamente de nós!” É um pedaço de uma carta mandada para seu marido. E é como GRAÇAS A DEUS me sinto agora, que só por hoje meu namorado está internado e em recuperação a 41 dias e eu sigo com ele, na minha recuperação! Quero muito conseguir ganhar um dos livros ia me ajudar um monteee rsrs Mas esse blog aqui já é um presente! :D

2º Maria  - “Bom, como o "João" acabou de recair... vou colocar uma parte de um pos't feito 17/6: "Diante disso, eu tenho duas opções de escolha. Chorar, me descabelar, não cumprir minhas obrigações, me encher de pena, ficar questionando o porquê de tudo isso; ou tomar o meu banho, orar a Deus entregando-o tudo o que não posso controlar, incluindo o meu esposo e sua doença, e simplesmente deixando que a serenidade e a paz fiquem em meu peito, apesar da dor. Escolho a segunda opção" E é isso... Hoje eu poderia escolher chorar, pois se ele não estivesse recaído nos estaríamos juntinhos... Completando um ano de namoro na segunda... mas só por hoje assim como você naquele dia... Eu escolho a segunda opção... Escolho cuidar de mim, fazer minhas obrigações, estudar para minha apresentação de TCC, que é semana que vem... Beijo grande... Estamos juntas!”

3º Valeu a Pena (Giulli)É difícil para mim, que vicei em seu blog desde a primeira postagem, comentar algo que mais gostei, ou que mais me tocou, mas, recentemente, chorei muito com uma postagem sua, a Aonde você está quando mais preciso? Tem uma parte: Quantas vezes mais me permitirei sentir essa dor? Essa frase mexeu comigo.”

Parabéns, meninas! Aguardo os e-mails de vocês.

Queridos, tenham uma excelente semana! Muita serenidade!

Abraços!