quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Resultado do 2º Sorteio!


Queridos amigos, muito obrigada pela companhia, força, carinho e partilhas nesses cinco meses juntos.

Muito obrigada pelos mais de 24.000 (vinte e quatro mil acessos)!

Os dez países com mais acessos, nesse período foram: Brasil – 22.594, Estados Unidos – 1.005, Alemanha – 193, Holanda – 44, Portugal – 38, Rússia – 37, Reino Unido – 20, Dinamarca – 10, Índia – 05 e França – 03!

Sabem o que isso significa? Significa que a adicção é uma das doenças em maior progressão no mundo atual (infelizmente), e que estamos falando de uma doença grave, mortal, que não é apenas um problema vivido pelo meu esposo ou pelo seu familiar amado, mas, é um flagelo social de enormes proporções.

Aqui no Blog (e em outros similares) encontramos um “cantinho” onde é possível nos darmos as mãos a fim de nos sentirmos mais fortes e continuarmos a nossa caminhada ao lado de quem amamos (junto ou separado).

Aqui percebemos que não estamos sozinhos!

 “Alegria partilhada é alegria dobrada e tristeza partilhada é dividida pela metade”.

“Eu seguro a minha mão na sua e uno o meu coração ao seu, para que juntos possamos fazer aquilo que eu não posso fazer sozinha".

Obrigada pelos 1029 comentários deixados em 186 Posts!

Obrigada por cada história de vida a mim relatada. Aprendo demais com vocês. Perdoem-me se nem sempre eu consigo responder a todos.

Estamos juntos, ok?!

Agora vamos ao sorteio?

O segundo sorteio do nosso Blog foi realizado às 19h45min do dia 18/10. Contamos com 32 (trinta e duas) participações, somando-se os comentários do Post 2º Sorteio e os e-mails recebidos com esse fim. Obrigada pela participação!

Antes de divulgar os nomes só queria ressaltar que foi um sorteio aleatório, e não uma escolha de melhores histórias, ok? É apenas uma tentativa de retribuir, de alguma forma, o carinho recebido...

Os sorteados, na ordem, foram:

Adriana (Sofya e Emanuelle): “Eu não sei se consigo escrever ,to chorando muito... Queria ler por aqui relatos que não existe recaídas.. que a cura é pra sempre...Infelizmente não é assim. O Oscar está na minha vida a 8 anos +- .. Idas e vindas.... temos uma menina de 4 anos, mas estamos separados... Ele foi internado e saiu em maio...diz que está limpo... eu não sei... Ele quer voltar... eu tenho MEDO... tenho hoje uma vida de paz, namoro um moço bom, sem vícios e que pode me dar uma vida tranqüila... Mas meu amor, minha alma gêmea é o Oscar... Ah... quero participar do sorteio :)” (26/09/2011)

Lavínia: “Oi Polly, acompanho o seu blog diariamente,desde a primeira vez que encontrei. Sou esposa de um adicto,estamos casados há 4 anos e temos uma filhinha de 1 ano. Tenho dificuldade e as vezes vergonha de escrever (sei que não deveria), daí aproveitei o sorteio para fazer o meu primeiro contato com você. Tenho uma admiração enorme por você e pela maneira que vc encara a vida e os problemas. Todas as noites eu oro por você e sua família. Tenho certeza que será muito feliz e terá uma vida cheia de bênçãos,pois você tem ajudado a muitas mulheres e familiares de adictos. Você escreve muito bem!!
Meu marido é dependente de cocaína há 12 anos.Descobri quando estávamos noivos,mas eu não tinha a menor idéia do que seria amar e conviver com um dependente químico. Ele já passou por 2 internações e cometeu inúmeras insanidades...você pode imaginar.  Hoje sei que continuo com ele por vontade de Deus,e minha,pois também sinto este amor forte e pleno, com toda minha alma..Já o perdoei inúmeras vezes e ele novamente recaiu. Ele esta limpo há 21 dias.Nesta ultima recaída eu saí de casa e fiquei 15 dias longe dele. Nunca tivemos problemas financeiros, graças a Deus, mas já enfrentamos todos os outros.
Você tem sido um anjo na minha vida e tenho certeza que na de muita gente!! Sofro junto com vc quando o seu marido recai.. e fico alegre quando esta tudo bem como agora. Vc é muito especial. Ah,o post que mais gostei foi "Paginas Brancas",me serviu de inspiração e fiz uma carta para meu marido. Um beijo grande.” (20/09/2011)

Queridas Adriana e Lavínia, parabéns! Espero que esses livros lhes ajudem no caminho de sua própria recuperação!

Agora preciso que vocês me enviem, para o e-mail polyp.escritos@gmail.com: o nome do destinatário e o endereço completo incluindo o CEP, e também o nome do seu livro escolhido, lembrando que poderá ser:

Co-Dependência Nunca Mais, da Melody Beattie;
Assuma o Controle da Sua Vida, da Melody Beattie, ou
Meditações Diárias para Mulheres que Amam Demais, da Robin Norwood

O livro será enviado via correio, por carta registrada, até o dia 04/11/2011, quando lhes enviarei o número da postagem para acompanhamento.

Parabéns mais uma vez, meninas! E aos demais, não fiquem tristes que existirão outras oportunidades!

Se tudo der certo, em maio do ano que vem, o livro Amando um Dependente Químico estará disponível! #ansiosa

Um grande abraço!

E muita serenidade!

11 comentários:

  1. Parabéns, Poly!
    Seu blog realmente tem conseguido amparar muitas pessoas, nos mais diversos lugares deste planeta.
    Parabéns, Adriana e Lavínia! Façam bom uso deste maravilhoso presente e desfrutem do bem estar, da Serenidade e da Sabedoria que ele vos dará.
    No mais, fiquem todos na paz e bons momentos!
    Abração e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  2. Parabens Poly!seu blog nos tem ajudado muito!
    E para voce ver que outros paises tambem encontram pessoas doentes,essa doença é alastradora,parabens Adriana e Lavínia,fico feliz que este livro possa ajudar a entender nossos problemas do dia-dia,Poly fico feliz por ti,sua gravidez que bom!e seu pé tambem logo tudo ficará bem,um beijão a todos que participam deste blog
    Fico anciosa pelo próximo sorteio!
    Um beijão Poly força!
    Rosani.

    ResponderExcluir
  3. ahh queria tanto ganhar um livro e uma internação pro meu marido!
    huahuauhauhaua

    Poly linda!! Parabéns pela evolução da sua alma! Vc é exemplo que eu não consigo seguir!!

    Beijos!!
    Ledinh@!

    ResponderExcluir
  4. Oi Polly!!
    Estou muito feliz em ter sido sorteada!!!!!
    Foi Deus que me mandou este presente através de você que tem sido um anjo na minha vida!!!
    Parabéns pelo Blog!!!
    Estou torcendo muito pela recuperação do seu marido, e tenho certeza que com esta internação e a chegada do bebe tudo vai ficar bem.. Sei o quanto e difícil, pois meu marido também esteve iternado durante a minha gravidez..fiquei muito sozinha, mas hoje vejo como fortaleci a minha fé neste momento de tanta dor.
    Deus vai te abençoar e te dar muita alegria acredite.
    Meu marido esta limpo há 69 dias!!! Estou cheia de esperança pois vejo a recuperação a cada dia .
    Fique em paz
    Bjs Lavínia

    ResponderExcluir
  5. Ledinh@, vou te mandar um livro....
    Não é um dos livros que a Polly sorteou, pq o co-dependencia nunca mais vou emprestar pra uma amiga e depois se quiser empresto pra vc...
    Mas vou te mandar um livro bem legal... me escreve
    cici.yonaha@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Junior e Rosani, obrigada pelas palavras deixadas! Estamos juntos!!!

    Ledinha, veja o comentário da Cicie pra você! Vais ganhar o livro!!! E quanto a internação, fale com a Katia do Blog Mulheres que Oram, talvez ela possa orientar vocês.

    Cicie, parabéns pela iniciativa, minha flor!

    Beijos no coração de vocês, companheiros!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Poly! Já entrei em contato com a Cici..ela vai me presentear!! Que ótimo!
    Quanto à Katia do Blog Mulheres que Oram, eu entrei em contato com a mesma através do Blog dela no dia 10.10, mas até o momento não obtive retorno. Irei falar com a mesma novamente.

    Obrigada por tudo! Linda!

    Abraços
    Ledinh@!

    ResponderExcluir
  8. Poly, show de bola esse post.

    Quando entendi a dependência química, compreendi que teria que ser companheira também nessas situações, como por exemplo, em nossa casa não entra bebida alcólica... e nem comemos comidas que levam bebidas, nem bombom de licor, nada, vida limpa. Meu amor não pode!

    Mas devo dizer que tenho uma vida social bem calma, hoje em dia, no entanto tenho um grupo de amigas de infância que de vez em quando se encontra. Nessas ocasiões, quando quero, tomo uma cervejinha, um chopinho, um vinho. Com o tempo eu e meu marido entendemos que na nossa casa e juntos não dá, mas te confesso que quando estou com minhas amigas eu bebo socialmente mesmo.

    Na verdade não estou aqui para dar exemplo, só que acontece que essas amigas-irmãs desde infância são companheiras que me ajudaram nessa jornada que vivo.

    Durante muito tempo éramos somente nós e nossa família, eu me isolei. Acontece que essa não sou eu, entendo a dependência química, só que se eu deixasse esse ladinho da minha vida, não seria feliz. Não é beber ou coisa assim, é meu lado independente da minha relação. Minha vida é minha família, mas nas vezes que estou com minhas amigas me permito, por compreender que ele é adicto, eu não.

    Já me rebelei antes por isso. Pq eu deixei muita coisa pelo meu amor, e ele o que deixou? Depois parei de pensar assim e decidi que peraí, cada coisa em seu lugar.

    Portanto, juntos eu respeito as limitações dele, mas me permito essa ressalva em momentos meus, raros, na verdade, mesmo amando um adicto, a minha vida não se limita a isso, nós somos um casal e devemos respeitar nossas individualidades.

    Já fui em eventos de NA muito divertidos e já fui em churrasco de adictos sem um pingo de alcool e me diverti demais. Acho que o mais legal foi não ver pessoas pagando mico de tanto beber, sempre achei isso o fim.

    Ah! Só pra constar, quando esses encontros com minhas amigas acontecem, quando chego, normalmente não tão cedo, ele já está dormindo, ele nem me espera. Que ironia! Tanto tempo esperei e nada, né? A diferença é que sempre chego.

    Preciso desses momentos de risada gostosa, de leveza, de saber que, para essas companheiras de vida, que já acompanharam todos os meus momentos, qualquer que sejam as minha decisões, elas serão apoiadas.

    Ah! Preciso dizer aqui que a recaída na recuperação de um adicto não significa o fim de tudo e o recomeço do pesadelo. Pode ser o recomeço da própria recuperação, pode ser uma virgula, um ponto e vírgula mas jamais um ponto final, nesse momento a serenidade é tudo: outro dia conversamos e ele me falou que quando ele recaiu se eu tivesse feito um escândalo daqueles ele teria saído imediatamente. Com a minha calma, ele se acalmou e pode pensar e querer recomeçar a caminhada!

    Meu marido recaiu a algumas semanas atrás, daquela vez que postei aqui e que falei para ele com carinho sobre internação. Desde então ele tem se mantido limpo e sereno.

    Ele está com objetivos pessoais bem definidos: estudando muito para outro concurso (ele já é concursado mas quer coisa melhor ainda) e está firme no esporte, fará a meia maratona do inicio do mês e tem treinado constantemente, incessantemente.

    Lê muito literatura de NA e hoje é um homem de fé.

    Não sei o que pode ser amanhã. Hoje, tamos juntos, enquanto ele quiser recuperação.

    Muitos beijos pra você. Leio seus posts todos os dias e cada vez mais admiro você como mulher, mãe e esposa.

    Lua

    ResponderExcluir
  9. Como queria encontrar forças...tentei mas estou perdendo,muitas mentiras aparecendo hoje arrumei a mala dele estou abrindo mão não consigo levar adiante....queria poder ter nas mãos a solução para esta doença,ele começou a beber novamente e voltou a se drogar,fui atras dele não encontrei,hoje ele fez um servicinho total de 115 reias consumiu em droga e alcool....ele apareceu mas suas malas prontas,está lá em nosso quarto dormindo..deixei mas amanhã quero que ele suma!!
    Meu filho do meio de 26 anos pediu a mim novamente mais uma chance a ele pois ele não tem ninguem por ele e se sair vai virar andarilho,mas amigas queria ser o forte bastante
    mas não aguento mais 30 anos é uma vida,peço desculpas as amigas beijos no coração de cada um Rosani

    ResponderExcluir
  10. SIM FARIAMOS DIA 17 25 ANOS DE CASAMENTO.ELE ADICTO A 16 ,TEMOS 2 FILHOS.NUMA MADRUGADA AS 3 H, LIGUEI COMO SEMPRE PREOCUPADA. QUANDO DO OUTRO LADO AQUELA VOZ APENAS ME DIZENDO :ESTOU AO LADO E GOSTANDO DE OUTRA PESSOA.VOLTO PRA CASA DOMINGO.NUNCA MAIS VOLTE PARA FICAR SÓ PASSE PARA PEGAR SUAS COISAS, HJE Ñ SEI E NEM QUERO SABER POR ONDE ANDA.APENAS FALEI:Q Ñ TENHA CIDO EM VÃO TODOS ESSES ANOS DE SOFRIMENTO AO SEU LADO. SE RECAIR? EU PASSO POR CIMA
    .CONCLUSÃO,CARATER Ñ SE MOLDA ,VEM DE BERÇO.

    ResponderExcluir
  11. gente o mais dificil ñ é a recuperação de um adicto.eu lia cada novo livro de NA q ele trasia, para entender melhor a situação.ele esta a 16 anos limpo. o dificil é conviver com uma pessoa assim. vc se anula em tudo, sempre com medo de uma possivel recaída.e seus filhos ñ merecem essa insegurança.fé em deus e dias melhores!

    ResponderExcluir