domingo, 18 de setembro de 2011

Quatro meses!

Há exatos quatros meses atrás eu me sentava nesta mesma cadeira. Sentia uma dor aguda no peito e uma necessidade de expor o meu amor, a minha esperança e também o meu sofrimento.

Até então, eu me via como uma carta fora do baralho, um peixe fora d’água, meio desconexa do mundo ao meu redor. Os amigos mais próximos me consolavam quando eu necessitava, mas infelizmente eles não conseguiam entender com plenitude o que é amar um dependente químico. É tipo uma freira consolando alguém com dores de parto, entendem?

Meu esposo havia recaído no dia anterior. A dor não cabia em mim. E se por um lado, eu pensava que ninguém nesse mundo seria capaz de me entender ou de sentir o que se passava dentro de mim, por outro, eu sabia que havia sim, em algum lugar, uma multidão de outras pessoas que carregavam consigo essa mesma história de amor, de luta, de esperança e de perseverança.

Naquele 18 de maio de 2011, sentada nesta cadeira, eu chorava. Pesquisava no Google palavras como: co-dependência, amar dependente químico, esposa de adicto e coisas afins. Mas, só encontrei sites teóricos, e a teoria eu já sabia de cor e salteado. Eu precisava partilhar e ouvir partilhas, precisava de pessoas que me compreendessem e não me julgassem, eu precisava encontrar vocês.

Enxuguei as lágrimas, e meio sem saber como um blog funcionava (e até hoje não sei direito), comecei a digitar as seguintes palavras: São seis horas da manhã, desta quarta-feira, dia 18 de maio de 2011. Hoje decidi criar esse blog pra registrar o que estou sentindo, na certeza que muitas outras esposas (ou maridos), pais, mães, irmãos e outros familiares ou amigos de dependentes químicos sentem o mesmo que eu...”

Eu não tinha idéia do que esse blog me proporcionaria. Logo no início encontrei o Blog da Giulli e me encantei, embora ela não seja casada com um adicto, já namorou um, e conheceu a co-dependência. Em seguida, encontrei blogs de adictos em recuperação SÓ POR HOJE, e do Jorge Alberto, por meio do qual me foi possível compreender mais o meu esposo. Depois, conheci o da Cicie, uma co-dependente em recuperação também. Me senti tão a vontade com cada um de vocês. Aqui não preciso “sorrir para a foto” ou dizer que está tudo bem, se não estiver, e todos me compreenderão.

Aqui eu posso dizer que tenho esperança na recuperação do meu esposo, e ninguém me julgará insana por isso, porque todos partilhamos da mesma esperança. Senti pessoas do Brasil inteiro me estendendo suas mãos e o seu carinho.

O melhor estava por vir. Várias mulheres que se julgavam fracas e cansadas, uniram-se a nós, e hoje têm seus próprios blogs que servem de ajuda a outras mulheres, e são exemplos de força. Dentre elas posso citar a Mari, a Gaby e a Jé. Hoje sei que posso passar uma semana sem postar nada, que os leitores terão várias outras fontes para se fortalecerem, pois agora somos uma rede!

Estou muito feliz. A mensagem está sendo levada!

Ainda hoje recebo mensagens, principalmente de esposas e namoradas de dependentes químicos, que aqui encontraram refúgio, um cantinho, um abrigo.

Aqui busco passar adiante o que um dia recebi no grupo familiar Nar-Anon e em outras literaturas. Tento falar sobre a co-dependência e do mal que ela faz, pois, sei que muitos sofrem com as insanidades causadas por ela, sem ao menos saberem quem ela é, como foi o meu caso, durante dois anos.

São tantos nomes, e eu gostaria de citar um por um, será que consigo? Tentarei...

Adilson Garbi, Adriana, Alexandre, Aline, Amandio Teixeira, André Luis, Angell, Andrea Maria, Andréia, Antônia, Ariele, Bárbara, Bruno Cidade, Camila, Camila Brito, Camila Santos, Carine, Carla, Chega de Sofrer, Cicie, Cinthia, Darléa Zacharias, Dayla, Denise, Deia, Dione, Érica, Érica Rezende, Espírita Cientista, Estacionada, Estrela.p, “Eu”, Evelyn, Ex-dependente químico, Fabiana, Fábio, Fake-Gineco, Felipe, Fernanda, Flávia (G. em recuperação), Filipa Serôdio, Flávia Amorim, Gaby, Gabriel, Gatamarrylua, Gerlândia, Gibran Luis, Giulli, Giselli, Higor, Ingrid, Isabela Deschamps, Isabelle, Ivete, Jann, Janaina Cequine, Janete, Jaque, Jaqueline, JB, Jé, Jésica Gonçalves, Jorge Alberto, Josi, Josiane, Josimara, Junior (Adicto em Recuperação), Kayana Luz, Kate Middleton, Kretli, Lalá Soares, Ledinha, Lili, Kátia (mulher que ora), Leda Dutra, Leka, Leyla, Lilian (Lika-Bia), Lineker – Bauru, Lívia, Lua, Luana, Luana Perez, Luiz, Márcia, Margarete Alkimim, Maria Cristina, Mariana Lira, Maurício, Michelly, Misael Barboza, Nanda, Natan, Noélia, “P”, Petescadas, Patrícia, Poeta, Psicóloga, Rafaela, Raquel, Raquel Lessa, Renata, Rosane Aparecida, Sandra, Samukana Guimarães, S.Esperança Sempre, Selmara, Sem Máscaras, Silvia, sml, SPH, Suely, Sueli Luzz, Sulei, Thaís, Tamo Junto, Tininha (parceira desde o início!), “.”, Vavaa, Vera Maria, Viviane F., Walkiria...

Muito obrigada a todos vocês, pelos comentários enviados, pelas mensagens via e-mail, facebook ou orkut, ou simplesmente por seguirem esse blog. Sei que por trás de cada um desses 122 nomes, existem 122 histórias de vida, agradeço de coração por me permitirem, de alguma forma, participar delas. Por favor, me perdoem, se esqueci de alguém, afinal, a família está enorme!

O meu muito obrigada ainda aos incontáveis anônimos que passam por aqui diariamente, que sabem o que é amar um dependente químico, ou que simplesmente torcem pela recuperação do meu esposo e por um final feliz para a nossa história de amor.

Todos juntos, trouxeram esses lindos números, em apenas quatro meses:

166 postagens

841 comentários

18.216 acessos!!!, sendo: 17.256 no Brasil, 701 nos Estados Unidos, 129 na Alemanha, 20 no Reino Unido, 18 na Holanda, 17 em Portugal, 05 na Índia, 03 na Dinamarca, 03 na França e 03 no Japão!!! Uhuuu, estamos juntos!!!

E de mãos dadas vamos prosseguindo, um dia de cada vez, na certeza que juntos somos mais fortes!

Quando o nosso Blog completou um mês, foi feito um sorteio, se lembram? Os ganhadores foram a Bárbara, a Tininha e o Jorge Alberto, e foi uma delícia enviar os prêmios às casas desses companheiros. Me fez muito bem, e espero que o livro, livretes e folhetos lhes tenham sido úteis em suas recuperações.

Agora quero repetir a dose. O que acham?

Amanhã postarei o que é necessário fazer para participar do 2º sorteio do Blog ADQ, e concorrer a três livros maravilhosos: Co-Dependência Nunca Mais (Melody Beattie), Assuma o Controle da Sua Vida (Melody Beattie), e Meditações Diárias para Mulheres que Amam Demais (Robin Norwood).

É a forma que encontrei de tentar recompensá-los pelo grande bem que me fazem. Conto com a participação de todos, e tenho certeza que esses livros poderão lhes ajudar demais, como ajudaram e ajudam a mim.

Muita serenidade, só por hoje!

Grande abraço cheio de gratidão e amor! Até amanhã!


9 comentários:

  1. Poly, querida, foram quatro meses de altos e baixos, algreias, vitórias, esperanças e recaídas, acredito que com o blog ou não, se você tinha que passar por td isso, você ia passar, mas, tenho certeza de que com o blog, isso tudo se tornou mais fácil um pouco, porque aqui, você ajuda e recebe ajuda, o seu trabalho é lindo e eu sou sua fã incondicional, por quem você é.
    Estamos juntas sempre!!!

    ResponderExcluir
  2. Querida irmãzinha e amiga Poly,

    Eu e o meu marido ficamos muito emocionados com esse texto acima, nossos nomes ufaaa, amei você ter colocado que sou sua parceira desde do início sou mesmo e indico o blog para muitas pessoas que tem esses problemas como o nosso, foram quatro meses de alegrias, tristeza, recaídas, recuperação, uma luta diária né, mais sei que você e muita guerreira e sempre sai dessas lutas mais forte do que nunca, eu te agradeço muito por ter criado esse blog, pois e nele que conheci virtualmente muitas companheiras que se tornaram minha amigas, conheci e entendi a minha doença, agora sei que não e só comigo que acontecem esses altos e baixos que nós codependentes temos não é.
    Como disse nossa outra irmã e amiga Giulli também sou sua fã, aprendi muito com você, já chorei muito por ti, mais juntas somos mais forte...
    Olha cuidado estou tendo muita sorte ultimamente com sorteios, ganhei o seu primeiro, ganhei o da Giulli, adoro livros, e vou participar desses também, me aguardem kkkkkkkkkkkk, adoro!!!!!
    te amo amiga.
    um grande beijo e PARABÉNS pelos 4 meses.
    dos seus irmãos do Rio
    Tininha e Mauricio

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Poly, me identifiquei muito com a postagem, eu tbm me sentia sozinha, e fui em busca de respostas na internet, o primeiro blog que achei foi o seu, nossa eu me encantei, todos os dias eu estava aqui para saber mais, e ai fui encontrando mais blogs, fiquei tão feliz em saber que eu não era a única, é muito bom ter vcs em minha vida, sei que nada disso é invão, Deus tem um proposito nisso tudo!! Eu oro muito por cada um aqui do blog, pois sabemos que não é fácil.
    Eclesiastes 7.8 diz que melhor é o fim das coisas do que o principio delas, ou seja, melhor é o que esta por vir na nossa vida do que tudo aquilo que passamos até o presente momento!
    Beeijão
    Tamojuntas o/

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pra você, por esta data tão linda!
    rsrsrsrs
    São quatro meses de lutas e vitórias!
    Foram várias as dificuldades enfrentadas, mas superadas com toda garra e determinação de uma mulher forte, guerreira e que tem a paciência adquirida com sofrimentos.
    SERENIDADE...é isso o que faz com que nossa saúde, tanto psicológica, quanto mesmo física, seja melhorada. É através da SERENIDADE que conseguimos manter nosso equilíbrio emocional, capaz de fazermos agir com discernimento e realizar as coisas de acordo com a Vontade Do PODER SUPERIOR.
    E foi com esta mesma SERENIDADE que conseguistes manter tua convivência com ter esposo, muito embora, muitas vezes, isso tenha parecido uma contradição, diante das atitudes e ações que tomastes para com ele e para com os que te cercam, até mesmo tornando-o público aqui, quando compartilhas conosco teus momentos de aflição. Ainda assim, foi os momentos de SERENIDADE que possibilitou que tomastes as atitudes coerentes, capazes de fazer as coisas voltarem ao normal....ou mesmo como elas deveriam ser, mesmo quando não são como gostaríamos que elas fossem. É quando encontramos a ACEITAÇAO.
    Bom...você merece mais que um simples "PARABÉNS!".
    Você é digna de todo nosso reconhecimento e carinho, admiração e estima!
    Aceite os meus sinceros votos de muita saúde, muita paz, muitas alegrias e que todos os seus sonhos tornem-se realidade. E que seu esposo continue "LIMPO, SÓ POR HOJE".
    Abração, amiga!
    TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  5. Oii Poly td bem? Desculpe a invasão na sua intimidade, mas gostaria de lhe dar uma sugestão... Você comentou algumas vezes que está passando por dificuldades financeiras...então...porque você não começa a ganhar $$ com esse blog? Fazendo propaganda de empresas, clínicas, serviços...ou outros meios...dá pra você ganahr uma boa graninha com blog!! Conheço vários de sucesso que dão o sustento de uma família inteira!! Pensa bem e pesquise com carinho sobre isso. Outra coisa...voc~e desempenhando bem ou não tua função no teu trabalho...fala sério Polly!! É evidente que você está no trabalho errado, linda! Voc~e nasceu pra escrever, orientar....pensa bem vai!! Beijosss!! Ledinha!!

    ResponderExcluir
  6. Olá querida amiga.
    Nem sei o que dizer para expressar minha gratidão a Deus por ter encontrado esse blog, e a você por ter me acolhido aqui com tanto amor.
    Estou feliz com essa conquista, vibrei com você e também chorei do outro lado da tela.
    Você amada do Senhor tem um dom de cativar as pessoas, mesmo que de longe.
    Beijos de alguém que te admira muito.

    ResponderExcluir
  7. PARABÉNS!!! É tudo que consigo dizer para vc pois, passando por um turbilhão de coisas, vc poderia desistir de tudo inclusive do blog e fico muito feliz cada dia que entro e vejo um novo post seu... Lembro que qdo vc respondeu um primeiro comentário meu, vc me deixou uma mensagem para avaliar minha situação e não desistir dos meus sonhos pois bem, estou radiante porque meu namorado em breve passará a ser meu noivo, a serenidade encontra-se um pouco mais próxima das nossas vidas e com ela vieram planos que partiram do meu amado adicto em recuperação! A caminhada ainda é longa mais eu acredito...

    ResponderExcluir
  8. parabens tamo juntas sempre!!!! lilian

    ResponderExcluir