sábado, 16 de julho de 2011

Entre Eu e Você!

“Para onde ir? Sem teu amor, como prosseguir?
Será que você não vê o amor que eu sinto por ti?
Deus me concedeu o amor mais lindo que um dia pude ter
Ele fez nascer o infinito amor entre eu e você.
Diga, então, porque se aborrecer por coisas banais?
Será que você não vê o amor que eu sinto por ti?
Deus me concedeu o amor mais lindo que um dia pude ter
Ele fez nascer o infinito amor entre eu e você...”
(Entre Eu e Você – Kim)

Essa é a “nossa música”, ela nos acompanha desde o início...

16 de julho de 2011. 18h06min. Sábado.

Há exatamente cinco anos atrás todo o universo conspirava para que a minha vida e a vida do meu esposo de alguma forma se cruzassem.

Nosso presente veio antecipado. Deus nos concedeu uma linda lua na noite de ontem. Alguém observou como ela estava maravilhosa? Um verdadeiro espetáculo. Demais! Hoje ainda não fui lá fora para vê-la.

Vou transcrever um pedaço do Post O Início, de 30 de maio de 2011, que conta um pouco de como tudo começou:

16 de julho de 2006. Dia em que tudo começou. Eu havia concluído minha graduação há poucos dias e estava em minha última semana de férias do trabalho.

Minha filha e eu fomos ao shopping para escolher o novo computador. Estava prestes a desistir da compra, por causa dos valores. Quando ia sair da loja, encontrei uma grande amiga, que me convenceu a fazer o negócio.

Deixei minha filha na casa de sua avó paterna... Fui correndo para o apartamento onde morava sozinha, para instalar o computador e testá-lo.

Entrei num chat de pessoas evangélicas. Dei boa noite. Quatro rapazes me responderam. Três moravam próximos a mim, e um morava fora do país há um ano e quatro meses. Não quis continuar a conversa com os rapazes da minha cidade, pois, sabia que iriam querer marcar encontro, e eu não estava interessada nisso, apenas queria conversar, passar o tempo, e testar a velocidade do PC. Continuei conversando com aquele rapaz educado que havia me saudado com um “muito boa noite” e que não representava nenhum perigo, afinal, estava do outro lado das Américas...

Trocamos msn e passamos a conversar pelo Messenger.

Ele parecia tão triste, tão perdido. Coloquei-me a tentar ajudá-lo. E no fim de nossa conversa ele se abriu dizendo que sofria de dependência química.

Juro que não imaginava que um dia ele seria meu esposo. Não era o que eu havia sonhado, mas, a vida e o destino nos pregam muitas peças...

Só por hoje, meu esposo está limpo há dezesseis dias!

Passamos o dia juntos em casa, e está tudo bem, graças a Deus!

Hoje também é aniversário da nossa amiga Giulliana Fischer Fatigatti, autora do Blog e do livro Valeu a Pena.

No livro há o relato de sua história ao lado do seu ex-namorado adicto. E no blog, além disso, ela registra as seqüelas que ficaram com a co-dependência, e se dedica ainda a trazer informações gerais sobre esse mundo da dependência química, na ânsia de ajudar.

Parabéns, “Giulli Angel”, por seus 27 aninhos! Bênçãos de Deus sobre sua vida!

Parabéns também pela iniciativa de fazer a sua parte contra o mundo das drogas e da adicção!

A Giulli foi a primeira pessoa com quem tive contato após a criação deste Blog, e desde o início me identifiquei com ela. Hoje sinto um verdadeiro carinho por essa loirinha meiga, e só posso agradecê-la por todo o carinho, atenção e força recebidos.

Pra terminar, gostaria de deixar uma mensagem que li hoje, para reflexão.

“Existem realmente apenas dois modos de encarar a vida – como vítima ou como um lutador elegante – e você precisa decidir se quer agir ou reagir, organizar suas próprias cartas ou jogar com um baralho viciado. E se você não decidir qual a forma de conduzir a sua vida, ela decidirá por você.” (Merle Shain)

7 comentários:

  1. Meu Deus que coisa boa, 16 dias de paz e amor para vocês né!
    Sei bem como isso é bom...
    Transmita meus parabéns ao seu amor.
    Poly, fica atenta aos sinais tá? Faz seu marido conversar bastante sobre tudo o que ele está sentindo, faz ele se abrir e falar... As vezes eles escondem muita coisa e não falam... e falar é tudo nesse processo.

    Torcendo muito aqui por vocês.

    Beijão e estamos juntas!

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Gaby, feliz pelos dezesseis dias, e feliz pelo só por hoje!
    Minha querida, fico atenta sim, ao menos tento, mas, por vezes, meu esposo prefere se trancar, entende? Daí, eu apenas respeito.
    Mas, hoje ele tá muito bem e feliz, graças a Deus.
    Querida, seu blog está lindo, já já passarei por lá pra te deixar uma mensagem.
    Bjos. Estamos juntas sim! Força, querida!

    ResponderExcluir
  3. Eu creio na força do seu amor e acho muito bonito o seu comportamento. Um exemplo que merecia ser seguido. Leio seu blog, mas prefiro apenas ler. Hoje,contudo, resolvi consignar minha admiração pela sua perseverança e luta, essa sua obstinação e otimismo que irradia pensamentos saudáveis e muito bem centrados. Continue assim, a força do amor é poderosíssima.

    ResponderExcluir
  4. Querido Anônimo, obrigada por suas palavras, e obrigada por ser participante do blog, ainda que em silêncio.
    Não me considero um exemplo, não mesmo. Mas, de fato, fui agraciada com um forte e inexplicável amor por meu esposo.
    Fácil não é, mas, Deus está comigo, e Ele é o responsável por esta força. Sozinha, eu não conseguiria...
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Poly querida, só consegui entrar na net agora, que homenagem linda, muito obrigada estou com meus olhos cheios de lágrimas, elas nem querem me aobredecer e estção prestes a cair...
    Pelo visto, 16 de julho é uma data especial pra vc também né? rs, com certeza não foi em vão que você entrou na vida do seu marido e ele na sua, você é o anjo dele com toda certeza!
    Obrigada pelo carinho, sinto e digo o mesmo por vc, não precisamos nos conhecer pessoalmente para sentirmos que é verdadeiro, não é?
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Giulli! Pois é, senti sua falta, mas, eu sabia que certamente estava comemorando com a família e amigos! Coisa boa...
    Realmente, dia 16/07 é uma data muito especial! Rs.
    Tenha certeza que tudo o que foi falado é muito sincero, querida.
    Um grande beijo! Muita felicidade!

    ResponderExcluir
  7. Oi poly, gostei muito do seu blog, mas eu estou passando uma fase muito,dificil de minha vida, pois vivo a tres anos com meu noivo,moravamos so nos 2 e final do ano passando minha familia veio me visitar e ficaram em nossa casa e creio k ele n gostou,e desde ai ele mudou, comecou a sair sozinho,descobri k ele me traiu,e foi kuando 6 meses depois ele resolveu sair de casa, eu tentei impedir pois eu o amo muito,+ele foi e com um mes depois ele voltou p casa + ele ja n era + o mesmo,tudo mudou descobri k ele me traiu com varias mulheres e ate chegei a encontrar droga na nossa casa,ele bebia muito, saia e entao minha mae voltou p tratar de um problema de saúde e resolvemos k ele sairia d casa p ficar na casa da mae dele ate minha mae ir embora, pois ela ja n + me keria com ele,+ ele foi e prometeu k tudo ia ficar + ele perdeu o emprego e começou a beber ou sair a noite.
    ai k me enganei, pois ele fez tudo ao contrario,pegou o dinheiro todo de sua recisao e gastou com seu vicio + sei k ele ainda guarda algum, agora ele passa d dias sumido usando drogas e bebendo, e ele volta a me procurar como se houvesse nada,estou to fundo do poço, pois n kero o abandonar, e todos dizem p mim deixar ele, pork ele ja n me ker! agora ele n me liga + n me procura a aparencia dele esta pessima mas ele n admite k esta viciado e k precisa de ajuda,+ me doi d+ ter k deixa lo. E agora o k faço? me ajude por favor! me diga o k tenho k fazer! obrigado! Angell

    ResponderExcluir