sexta-feira, 24 de junho de 2011

O Chamado do Amor!

Agora são 16:43 horas, fim de tarde.

Como está o dia de vocês? Todo mundo está tão sumido, acho que só eu não viajei nesse feriado prolongado, né? Não me deixem sozinha, please... Rs.

Bom, eu não fui ao salão retocar o cabelo ou as unhas (como falei no post Floquinhos de Neve) porque optei por programas "0800", ou seja, sem custos. Rs. Mas, estou bem feliz com a produtividade deste dia. Consegui concluir um módulo inteiro da minha Pós-Graduação. Se Deus permitir, em setembro estarei concluindo o meu curso. Muitas vezes pensei em desistir e agora estou quase lá, na reta final.

Além disso, arrumei minha casinha, fiz tarefas domésticas (não tem como fugir delas), e estive com Deus em oração, e ouvindo canções que me dão paz ao coração.

Hoje meu marido me ligou três vezes. Estava com a voz, de fato, serena. Os pensamentos negativos que me rondavam pela manhã foram embora. Agora prefiro a certeza de que ele virá para casa ao fim do dia, e que passaremos um lindo final de semana juntos, afinal, ele terá folga amanhã e domingo, o que não acontece há muito tempo.

Estamos programando uma ida a um pesque-pague amanhã. Será agradável. Ele pesca, e eu brinco com as crianças. O lugar é lindo, muita natureza, vai nos fazer bem. Dá pra namorar também!

Hoje pela manhã, como devem ter visto em meu post anterior, eu li muito sobre a ibogaína, uma planta que conheci por meio do blog Valeu a Pena, da Giulli. Conversei com meu marido a respeito, ficamos muito esperançosos. Cheguei a chorar aqui lendo alguns relatos de pessoas que se trataram e estão bem há anos. Chorei mesmo. Só de pensar em meu marido recuperado, meu coração se enche de alegria, é o meu maior desejo.

Um dia, conversando com o Subsecretário de Políticas Contra Drogas do meu Estado, que é conhecedor do assunto e Mestre em Psicologia, ele me disse que muitos casamentos se acabam após o dependente químico se recuperar, porque afeta totalmente a relação do casal, afinal, aquele vínculo doentio entre adicção e co-dependência acaba.

Juro, do mais profundo do meu coração, que mesmo que sua recuperação significasse o fim do nosso casamento, ainda assim, eu iria até o fim. Claro que meu sonho é que continuemos juntos. Que um dia possamos passear pela praça, velhinhos, de braços dados, vendo nossos netinhos brincando. Envelhecermos juntos. Quem sabe até ter mais um filhinho, ou melhor, uma filhinha?! Conhecer a Itália...

Sei lá, são muitos sonhos ainda pra vivermos juntos que a Dependência Química tem tirado de nós cruelmente...  

Hoje recebi uma ligação muito especial. O Pastor da igreja que freqüentamos um tempo, dizendo que está orando por meu esposo, e nos convidando para um culto hoje. Eu vou. Ainda que ele não vá, eu vou. Preciso mais de Deus na minha vida. Minha fé, por vezes, fica muito pequenininha. E eu preciso crer, acreditar, contagiar meu esposo com minha certeza de que tudo dará certo!

Eu gosto de estudar com barulho, então enquanto eu estudava com a TV ligada, ouvi versos de um poema que me chamaram a atenção, e mais uma vez me fizeram chorar. Como podem perceber, sou uma manteiga derretida, choro até em comercial de margarina... Risos.

Deixarei os versos que ouvi, de Gibran Khalil, para aqueles que, assim como eu, atenderam ao chamado do amor, mesmo cientes de suas adversidades.


“Quando o amor vos chamar, segui-o
Embora seus caminhos sejam agrestes e escarpados
E quando ele vos envolver com suas asas, cedei-lhe
Embora a espada oculta na sua plumagem possa ferir-vos
E quando ele vos falar, acreditai nele,
Embora sua voz possa despedaçar vossos sonhos, como o vento devasta o jardim
Pois, da mesma forma que o amor vos coroa
Assim ele vos crucifica
E da mesma forma que contribui para vosso crescimento
Trabalha para vossa queda...”

"... E não imagineis que possais dirigir o curso do amor
Pois o amor, se vos achar dignos, determinará ele próprio o vosso curso
O amor não tem outro desejo senão o de atingir a sua plenitude
Se, contudo, amardes e precisardes ter desejos
Sejam estes os vossos desejos:
De vos diluirdes no amor e serdes como um riacho
Que canta sua melodia para a noite
De conhecerdes a dor de sentir ternura demasiada
De ficardes feridos por vossa própria compreensão do amor
E de sangrardes de boa vontade e com alegria
De acordardes na aurora com o coração alado
E agradecerdes por um novo dia de amor
De descansardes ao meio-dia
E meditardes sobre o êxtase do amor
De voltardes para casa à noite com gratidão
E de adormecerdes com uma prece no coração para o bem-amado
E nos lábios uma canção de bem-aventurança..."





6 comentários:

  1. Poly!
    Eu tambem tive que trabalhar hoje... embora more no interior do Brasil (MT), aqui as coisas tambem correm e muitas vezes o feriado é deixado de lado.
    Um bom final de semana a voce e seu esposo.
    Que possam ficar bem, felizes e descansarem para mais uma semana.
    Força ai rapaz! (Diga a ele)

    Abs!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Post Poly! Eu imagino quão esperançosos vocês ficaram...
    Eu conversei com um seguidor do meu blog, pessoa que já tenho também como um amigo, pois vem me ajudando nas pesquisas e tudo mais e ele conhece pessoas que fizeram o tratamento, ele me deixou bem animada,ele trabalha com isso, ajudando D.Q. ele disse que já participou de simpósios sobre o tratamento... fiquei esperançosa... Bjos

    ResponderExcluir
  3. Querido Bruno Cidade, valeu! Bom fim de semana pra você também! Muita serenidade! E o recado será dado ao "rapaz"!
    Obrigada pela parceria!
    Felicidades nessas 24 horas, ok?!

    ResponderExcluir
  4. É verdade, Giulli, brotou uma maior esperança em nós sim! Estamos realmente interessados, qualquer contato nos avise, por favor.
    Um grande beijo!
    Obrigada por ter mudado o meu dia hoje, querida!

    ResponderExcluir
  5. Querida Poly, não te deixarei jamais,rsrsrsrs, também não fui viajar não, hoje aproveitei que o maridão estaria em casa e resolvemos várias coisas que estavam pendentes, entende né, rsrsrsr..., amiga, fiquei tão contente sobre essa planta, vou pesquisar também sobre ela, e passar para o meu marido, pois agora ele foi para academia, há olha, estou finalizando aquele resumo tá, te enviarei muito em breve.

    Bom passeio amanhã para vocês, boas 24 horas de muita serenidade e minha linda, muita Força, Fé e Alegria, bjs da sua seguidora...

    ResponderExcluir
  6. Pois é, Tininha, vocês me deixaram mal acostumada, basta sumirem um pouquinho pra eu já reclamar... Rsrs.
    Coisa boa resolver essas pendências com o maridão! Risos.
    Qualquer novidade sobre a ibogaína, me diz, por favor. Eu e a Giulli também estamos pesquisando. Ficamos bem esperançosos.
    Um fim de semana sereno e feliz, querida!
    Beijos!

    ResponderExcluir