sexta-feira, 24 de junho de 2011

Ibogaína!

Desde ontem venho acompanhando as postagens da minha companheira de Blog e parceira Giulli sobre a Ibogaína. Eu nunca tinha escutado falar sobre essa planta, nem mesmo meu esposo que é da área da saúde a conhecia.

Após ler sua postagem de hoje Ibogaína - a droga que cura o vício, me interessei muito sobre o assunto e me coloquei a fazer pesquisas na internet. Parece que algumas clínicas em São Paulo e Curitiba já estão fazendo tratamentos experimentais, que inclusive tem um alto custo, mas, não consegui localizar onde.

Queridos leitores, se alguém por acaso souber o nome, telefone, endereço, e-mail ou qualquer informação sobre locais que estejam fazendo esse tratamento, por favor me envie pelo blog ou para o e-mail polyp.escritos@gmail.com .

Sabemos que não há fórmula mágica, mas, pode ser a mãozinha que ele necessita!

6 comentários:

  1. Poly, no meu blog respondi o seu comentário, até onde sei, a única clínica que tem permissão para fazer esse tratamento é em Curitiba, a clínica da Dra. Cleuza Canan, entrei e, contato com um rapaz que fez uso do tratamento recentemente, estou na expectativa que ele responda...
    Vamos continuar buscando informações, acho que vale a pena.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Giulli, já deixei mensagem na clínica e enviei e-mail para duas pessoas que já fizeram o tratamento. Vamos aguardar. Se for real, meu marido disse que pega o primeiro avião pra Curitiba. Me dá até vontade de chorar, só de pensar nessa possibilidade...

    ResponderExcluir
  3. Alguma resposta pra isso td?gostaria muito de saber!!

    ResponderExcluir
  4. Recebi um DVD com palestras sobre ibogaína em minha casa, e alguns telefonemas esclarecedores, e realmente fiquei impressionada com os efeitos e resultados desse tratamento. Infelizmente, ele só é feito em São Paulo e Curitiba, e tem um custo muito alto pra nós. Se quiser mais informações, me envie um e-mail para polyp.escritos@gmail.com .
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. amigos quem quiser informação sobre a ibogaina me mandem um edmail comprei para meu irmão fazer o trtamento e posso passar para vcs...

    meu email

    dudaevan@hotmail.com



    ResponderExcluir
  6. Meu nome é C. E, Tenho 20 anos, tive meu primeiro contato com álcool e drogas com 12 anos, no qual com 17 anos fazia uso diário e hoje sou um dependente em recuperação, tive a oportunidade de conhecer a ibogaina no qual facilitou a minha recuperação no meu tratamento. Tive um acompanhamento de 90 dias antes de tomar a primeira dose de ibogaina, Tive muitos pensamentos sobre minha vida, facilitando muito o discernimento do que estava certo e errado em minha vida e a cada pensamento que vinha eu me perguntava( como não pensei isso antes) é obvio, além da dependência química, desde a infância sofro de déficit de atenção com a ibogaina hoje consigo me concentrar e até ler livros inteiros, antes da ibogaina eu não compreendia a importância da leitura. Depois de um tempo tomei uma segunda dose no qual tive varias experiências positivas porem diferentes, não era os mesmos pensamentos da dose passada. Hoje consigo superar a cada dia com muita fé em deus, com o apoio de minha família que estavam ao meu lado a todo o momento e um tratamento realizado na clinica cleuza canan, agradeço a Dra. Agora continuo a ter pensamentos positivos e observando os momentos críticos e com muita facilidade de dizer não.

    ResponderExcluir