quinta-feira, 16 de junho de 2011

Décimo Segundo!

O décimo segundo passo diz para levarmos a mensagem àqueles que ainda sofrem. Essa é a minha intenção com esse blog, e estou muito feliz com os resultados.

Mais de 3.000 acessos em menos de um mês.

Talvez tudo o que eu esteja passando seja para poder ajudar alguém, para que esse alguém não cometa os mesmos erros que um dia cometi, ou esteja cometendo ainda.

Para mostrar que é possível ser feliz, mesmo com a dor de amar um adicto.

Se você tem sido ajudado pelas palavras aqui postadas, ajude-me a levar essa mensagem aos co-dependentes que sofrem, divulgando o vídeo abaixo em suas redes sociais.

Só por hoje, muita serenidade para todos nós!

7 comentários:

  1. Nossa Poly que lindo, me emocionei, Até me deu um novo ânimo, pois ontem recebi um telefonema da clínica que me deixou um tanto chateada, mas graças a Deus eu consegui ficar bem.
    Te desejo muita serenidade, e posso te dizer que seu Blog me ajuda muuuuuuuuuuuito!
    Abraços, Que o Senhor te abençõe e te guarde!

    ResponderExcluir
  2. Que bom, Mariana, não sabe o quanto é gratificante ler isso.
    Quanto ao telefonema de ontem, vi no seu blog e te deixei um comentário, veja lá.
    Beijão, fica com Deus, querida!

    ResponderExcluir
  3. Nem preciso dizer que vou postar o vídeo no meu blog e no orkut né... Lindo Poly! O importante é que hoje é um novo dia. Só por hoje!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Querida Poly

    Lindo o seu video, amei, tomei a liberdade de adcionar em meu videos na minha pagina do orkut, ok!!!!

    Hoje vou deixar esse texto do livro que meu adicto em recuperação lê diariamente.

    "ACEITANDO A VIDA"
    Algumas coisas temos que aceitar, outras podemos modificar. A sabedoria para perceber a diferença vem com o crescimento no nosso programa espiritual."

    Só por hoje: Poder Superior, conceda-me serenidade para reconhecer a diferença entre as coisas que podem ser mudadas e as coisas que devo aceitar. Por favor, me ajude a aceitar com gratidão a vida que me foi dada.

    Poly, apesar de não te conhecer pessoalmente temos uma história de vida muito parecida, o meu adicto está em recuperação há 7 meses e meio, já ficou internado, ja teve inúmeras recaídas, e eu sei muito bem o que você esta sentindo, a esperança depositada vai por água abaixo, mais como eu disse temos que levantar a cabeça e dar a voltar por cima, você e uma pessoa estudada, nova, tem dois filhos pra educar e ensinar, tem o seu trabalho,tem a sua idependência... tem que tocar a sua vida pra frente tentar esqueço-lo por uns momentos,não estou dizendo para separar,pra abandona-lo e sim estou dizendo pra você deixar de passar a mão na cabeçar dele, eu fazia o mesmo, mais aprendir muito no grupo do AMOR EXIGENTE, todos os dias quando acordo agradeço a Deus por mais um dia de recuperação e digo SÓ POR HOJE eu vou ser feliz e viver a minha vida...
    E isso que desejo pra você.
    estou triste sim, e estou orando muito pra ele sair dessa, e vocês viverem um casamento normal até o final da vida de vocês, quero muito a felicidade dos dois, me emocionei de verdade com toda a sua história.
    Tamujuntas, se quizer passar umas férias aqui em casa, sei lá o feriado vem ai, a porta da minha casa estará aberta pra vocês.

    Fica com Deus, muita serenidade, Força, Fé e paz de espirito, mil bjs

    ResponderExcluir
  5. Giulli, parceira! Obrigada sempre! Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Querida Tininha, nossa, muito obrigada! Onde você mora mesmo? Vamos programar... Rs.
    A "ressaca" de ontem passou, hoje estou me sentindo melhor. A poeira vai abaixando e a gente começa a enxergar as coisas, né. Muito obrigada por sua experiência partilhada e pelas palavras de conforto e ânimo. E quanto ao vídeo, todos aqui estejam a vontade pra incluir onde quiserem, afinal, esse blog é de todo mundo. E a mensagem precisa chegar a quem necessita dela. Um dia eu sofri demais, era uma co-dependente e nem sabia o que isso significava. Conhecer a doença e sua recuperação mudou minha vida, sei que pode mudar a de outros também.
    Beijão, querida!
    Muita força pra você e seu esposo, só por hoje!

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, comecei a acompanhar o seu blog ontem, tb tenho um adicto e estou me identificando muito com as coisas q escreve. Cada frase, cadê história, me emociono ao ler, parece q estou lendo a minha historia. Meu adicto está internado pela primeira vez e parece super determinado a se recuperar, ficamos separados por um ano e agora resolver tentar de novo, pois estou tentando me tratar ao mesmo tempo q ele. Temos uma filha de três anos, um dos motivos de eu voltar e resolver continuar lutando. Não vou mentir, mas antes mesmo de ele voltar da clínica, tenho medo, todos os dias tenho medo e fico pensando como será se tiver recaída, e muito difícil. Vc é uma guerreira, parabéns!! Vou continuar lendo e espero q no final e possa ler q hoje está tudo bem. Muito obrigada.

    PS.: algumas coisas não consigo ver, links q não existem mais em suas postagens (acredito q por serem muito antigas) e o vídeo desse post tb não consigo, diz q não está disponível. Bjos

    ResponderExcluir